:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

 

ORAÇÕES PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO.

 


 
O Divino Espírito Santo.

 

 

 

> Porque rezar pelas almas o purgatório?

> Oração de Santa Gertrudes pelas almas do Purgatório.

> Terço de jaculatórias pelas almas do Purgatório

> Terço de oferecimento dos méritos infinitos das Santas Chagas de Jesus.

> Ladainha pelas almas do Purgatório

> Terço das Almas

> Oração pelas almas do Purgatório

 

 

Indulgências Plenárias para o Dia de Finados

(Condições para adquirir as indulgências plenárias
para as almas do purgatório)

 

Ao fiel que visitar devotamente um cemitério e rezar, mesmo em espírito, pelos defuntos, concede-se indulgências somente aplicável às almas do Purgatório. Esta indulgência será plenária (cumprindo as 3 condições), cada dia, de 01 a 08 de novembro; nos outros dias do ano será parcial;

 

Para adquirir a INDULGÊNCIA PLENÁRIA é preciso ir ao cemitério, rezar devotamente pelos defuntos e preencher essas três condições:

 

a) Confissão sacramental – cada confissão vale para as indulgências obtidas até uns 15 dias antes e para as que serão obtidas até uns 15 dias depois de recebido o sacramento;

 

b) Comunhão eucarística – é necessária uma comunhão para cada indulgência;

 

c) Oração nas intenções do Sumo Pontífice – rezar para cada indulgência;

 

Fonte: Manual das Indulgências.

 

 

 

 

ORAÇÃO DE SANTA GERTRUDES

pelas almas do Purgatório.

(Jesus prometeu à Santa Gertrudes

que salvaria  (1000) mil almas do purgatório cada vez,

que cada pessoa rezar com fervor esta Oração)

 

              Eterno Pai, Ofereço-Vos o Preciosíssimo Sangue de Vosso Divino Filho Jesus, em união com todas as Missas que hoje são celebradas em todo o mundo; por todas as Santas almas do purgatório, pelos pecadores de todos os lugares, pelos pecadores de toda a Igreja, pelos de minha casa e de meus vizinhos. Amém.

 

 

 

Terço de jaculatórias

pelas almas do Purgatório:

(Com a oração ditada por Nosso Senhor à Santa Gertrudes.)

 

- Faz-se o sinal da Santa Cruz.

 

- Reza-se o ato penitencial (“Confesso a Deus Todo Poderoso que pequei...”)

 

- Evocação a Deus Espírito (“Vinde Espírito Santo, Vinde por meio da poderosa intercessão do Imaculado Coração de Maria...”)

 

- Creio, Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Nas Contas do Pai-Nosso, reza-se a Oração ditada por Nosso Senhor à Santa Gertrudes:

 

“Eterno Pai, ofereço-vos o Preciosíssimo Sangue do Vosso Divino Filho JESUS, em união com todas as santas Missas que hoje são celebradas em todo o mundo, por todas as santas almas do Purgatório, pelos pecadores em todos os lugares, pelos pecadores na Igreja Católica, pelos pecadores em todas as outras igrejas, pelos de minha casa e meus vizinhos. Amém!”

 

Nas contas da Ave-Maria:

 

“Jesus, Maria e José eu Vos amo, salvai almas!”

 

Na conta da salve Rainha:

 

- “Sagrado Coração de Jesus, sede nosso Amor”!

- “Doce Coração de Maria, sede nossa Salvação”!

 

No encerramento:

        

“Dai-lhes Senhor o descanso eterno e que a luz perpétua as ilumine, Descansem em paz. Amém”.

 

 

Terço de oferecimento

dos méritos infinitos das Santas Chagas

de Nosso Senhor Jesus Cristo

pelas almas do Purgatório

 

Disse Nosso Senhor Jesus Cristo à Santa Gertrudes:

 

“Muitíssimo grata Me é a oração pelas almas do Purgatório, porque por ela tenho ocasião de libertá-las das suas penas e introduzi-las na gloria eterna”.

 

“Certa vez pregava São Domingos sobre a importância de rezarmos o Rosário, quando um homem que o ouvia atenta e piedosamente, teve uma visão espiritual, concedida por Deus, para comprovar a veracidade das palavras de São Domingos: Ele viu muitas almas dos que estavam morrendo, adentrarem profundamente no purgatório. Ao mesmo tempo via Nossa Senhora com uma laçada de ouro, era o Rosário, através do qual a Mãe de Misericórdia retirava desse local de forte purificação, as pobres almas sofredoras.

 

“Tudo o que damos por caridade às almas do Purgatório, converte-se em graças para nós, e após a morte encontramos o seu valor centuplicado.” (Santo Ambrosio)

 

“Socorrendo as almas, praticamos a caridade em toda a sua extensão. A devoção às almas do purgatório encerra todas as obras de misericórdia, cuja prática, elevada ao sobrenatural, nos há de merecer o Céu. (São Francisco de Sales)

 

“Poupai Vossas lágrimas pelos defuntos e dai-lhes mais orações”. (São José Crisóstomo)

 

 

Início do terço:

 

(Propício para rezar todos os dias; em especial nos cemitérios, dia de finados e velórios.)

 

- Fazer cinco vezes o sinal da sana cruz em honra as cinco grandes Chagas do Senhor

- Ato penitencial (Confesso a Deus, Todo Poderoso, que pequei muitas vezes...)

- invocação ao Espírito Santo (vinde Espírito Santo, vinde por meio da poderosíssima intercessão do Imaculado Coração de Maria, Vossa amadíssima Esposa!) repetir três vezes

- Salmo 129:

“Do profundo abismo em que me encontro, clamo a Vos! Sejas Vossos Ouvidos atentos a voz de minhas súplicas. Se olhardes, Senhor, para as nossas iniqüidades, quem poderá, Senhor, subsistir em Vossa presença?

Porém, Vós sois cheio de misericórdia, e eu espero em Vós, Senhor, por causa de Vossa Lei.

Coloquei minha confiança no Senhor e em sua palavra.

Espere assim todo Israel no Senhor, desde a aurora ate a noite. Porque o Senhor é cheio de misericórdia e Nele se encontra copiosa redenção. E Ele mesmo há de remir Israel de todas as iniqüidades.

 

- “O descanso eterno concedei-lhes, Senhor! E a luz perpetua as ilumine. Amem”.

- “Senhor, ouvi as minhas orações! E meus clamores cheguem até Vós! Amem.

-“Divino Jesus, ofereço-vos este terço que vou rezar, contemplando os mistérios da Vossa Dolorosíssima Paixão. Concedei-me, por intercessão de Maria, Vossa Mãe Santíssima, a quem nos dirigimos, as virtudes que nos são necessárias para bem rega-lo e a graça de ganharmos as indulgências anexas a esta santa devoção. Assim seja. Amém.

 

“Tende misericórdia, ó Senhor, das almas dos fieis que padecem no purgatório. Dai-lhes, Senhor, o descanso eterno. Amém.

“Pai eterno, eu Vos ofereço o Sangue preciosíssimo de nosso Senhor Jesus Cristo em expiação dos meus pecados, pelas necessidades da Santa Igreja Católica, pelas almas do Purgatório pela alma de.... que pela misericórdia Vossa descanse em paz. Amém.

 

Pai Nosso...

 

Na 1ª Ave-Maria: “Glorifico-vos ó Pai Criador e pelo Imaculado e puríssimo Coração de Vossa Filha predileta, a Santíssima Virgem Maria, peço-vos pelas almas do purgatório e pela alma de......., que pela Vossa Misericórdia descanse em paz”. Ave-Maria...

Na 2ª Ave-Maria: “Glorifico-vos ó Filho Redentor do mundo, nosso Senhor Jesus Cristo, e pelo Imaculado e puríssimo Coração de Vossa Mãe, a Santíssima Virgem Maria, peço-vos pelas almas do purgatório e pela alma de ....., que pela Vossa misericórdia descanse em paz”! Ave-Maria...

Na 3ª Ave-Maria: “Glorifico-vos ó Espírito Santo de Deus, nosso santificador, e pelo Imaculado e puríssimo Coração de Vossa amadíssima Esposa, a Santíssima Virgem Maria, peço-vos pelas almas do purgatório e pela alma de ......, que pela Vossa misericórdia descanse em paz”. Ave-Maria...

 

 

1° Mistério doloroso: A agonia do Senhor no Horto das Oliveiras.

 

Ofereço-vos ó Divino Salvador, os vossos preciosissimos suor e sangue, que derramastes em vossa santa agonia, pelas almas de meus parentes, em todos os graus.

- Pai-nosso, 10 Ave-Marias (ao final de cada uma, acrescentar a seguinte jaculatória: “Misericordiosissimo Jesus, dai-lhes o repouso eterno”)

 

2° Mistério doloroso: A Flagelação do Senhor.

 

Ofereço-vos ó Divino Salvador, o Vosso preciosissimo Sangue derramado na impiedosa, brutal e dolorosissima flagelação pelas almas dos meus benfeitores espirituais e materiais, principalmente por aquelas almas que mais padecem por minha causa.

- Pai-nosso, 10 Ave-Maria (ao final de cada uma.....)

 

3° Mistério doloroso: A Coroação de espinhos do Senhor.

 

Ofereço-vos ó Divino Salvador, o Vosso preciosissimo sangue derramado na dolorosissima Coroação de espinhos pelas almas do purgatório, especialmente pelas mais aflitas e abandonadas.

- Pai-nosso, 10 Ave-Marias (ao final de cada uma.....)

 

4° Mistério doloroso: O Senhor carrega a pesada Cruz.

 

Ofereço-Vos ó Divino Salvador, o Vosso preciosissimo Sangue derramado de vosso sagrado Ombro, de Vossa sagrada Face, de todo o Vosso Santo Corpo, ferido por terríveis golpes e torturas as vossas fadigas, incontáveis e inimagináveis dores e sofrimentos que suportastes ao levar a pesada cruz ao calvário, por todas as almas que entram neste momento nas chamas do purgatório, pelas almas dos sacerdotes, religiosos e profetas dos últimos séculos, autênticos videntes e confidentes de Jesus e Maria; enfim, por todas aquelas almas que me foram recomendadas.

- Pai-nosso, 10 Ave-Marias (ao final de cada uma.....)

 

5° Mistério doloroso: A Crucificação e Morte do Senhor.

 

Ofereço-vos ó Divino Salvador, o Vosso preciosissimo sangue derramado desde o despojar de suas vestes, coladas em vossas feridas, das vossas mãos e dos vossos pés perfurados e todas as vossas agonias na hora de vossa morte, pela alma de....... Que o sangue precioso e a água sagrada emanada de vosso puríssimo coração lanceado e trespassado pela dura lança, abram-lhe a porta dos céus, a fim de que unida aos santos anjos, santos e principalmente a vossa mãe santíssima, vos bendiga para sempre junto ao eterno Pai na unidade do Espírito Santo, Amém.

- Pai-nosso, 10 Ave-Marias (acrescentando ao final de cada uma: “Misericordiosissimo Jesus, dai-lhes o repouso eterno”)

 

- Salve Rainha.

 

 

 

Ladainha pelas almas do purgatório

 

 

Senhor, tende piedade de nós

Jesus Cristo, tende piedade de nós

Senhor, tende piedade de nós

 

Jesus Cristo, ouvi-nos

Jesus Cristo, atendei-nos

 

Pai Celeste, verdadeiro Deus, tende piedade das almas do purgatório

Filho, redentor do mundo, verdadeiro Deus, tende piedade das almas do purgatório

Espírito Santo, verdadeiro Deus, tende piedade das almas do purgatório

Santíssima Trindade, um único Deus, tende piedade das almas do purgatório

 

Santa Maria, Rogai pelas almas do purgatório

Santa Mãe de Deus, Rogai pelas almas do purgatório

São Miguel Arcanjo, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Anjos e Arcanjos, Rogai pelas almas do purgatório

Coros de Espíritos bem aventurados, Rogai pelas almas do purgatório

São João Batista, Rogai pelas almas do purgatório

São José, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Patriarcas e Santos Profetas, Rogai pelas almas do purgatório

São Pedro, Rogai pelas almas do purgatório

São Paulo, Rogai pelas almas do purgatório

São João, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Apóstolos e Santos Evangélicos, Rogai pelas almas do purgatório

Santo Estevão, São Lourenço, Rogai pelas almas do purgatório

         Santos Mártires, Rogai pelas almas do purgatório

São Gregório, Santo Ambrosio, Rogai pelas almas do purgatório

Santo Agostinho, São Jerônimo, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Doutores, Rogai pelas almas do purgatório

São Pio V, São Pio X, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Pontífices, Rogai pelas almas do purgatório

São João Maria Viamey, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Sacerdotes, confessores e levitas, Rogai pelas almas do purgatório

São Pio de Pietralina, Rogai pelas almas do purgatório

Santos Frades e Santos Eremitas, Rogai pelas almas do purgatório

Santa Terezinha e Santa Paulina, Rogai pelas almas do purgatório

Santas Virgens e religiosas, Rogai pelas almas do purgatório

Santa Rita de Cássia, Rogai pelas almas do purgatório

Santas Viúvas, Rogai pelas almas do purgatório

Vós todos, santos amigos de Deus, Rogai pelas almas do purgatório

 

Sede-nos propício, perdoai-lhes Senhor,

Sede-nos propício, ouvi-nos Senhor,

 

De seus sofrimentos, livrai-as Senhor

Da vossa santa cólera, livrai-as Senhor

Da severidade da vossa justiça, livrai-as Senhor

Do remorso da consciência, livrai-as Senhor

Das tristes trevas que as cercam, livrai-as Senhor

Dos prantos e gemidos, livrai-as Senhor

Pela vossa encarnação, livrai-as Senhor

Pelo vosso nascimento, livrai-as Senhor

Pelo vosso doce nome, livrai-as Senhor

Pela vossa profunda humildade, livrai-as Senhor

Pela vossa obediência, livrai-as Senhor

Pelo vosso infinito amor, livrai-as Senhor

Pela vossa agonia e sofrimentos, livrai-as Senhor

Pela vossa paixão e santa cruz, livrai-as Senhor

Pela vossa santa ressurreição, livrai-as Senhor

Pela vossa admirável ascensão, livrai-as Senhor

Pela vinda do Espírito Santo, o Consolador, no dia do julgamento, livrai-as Senhor

 

Ainda que sejamos pobres e miseráveis pecadores, nós vós pedimos, ouvi-nos!

Vós que perdoais aos pecadores sinceramente arrependidos e por isto salvastes o bom ladrão, nós vós pedimos, ouvi-nos!

Vós que nos salvais por amor e misericórdia, nós vos pedimos, ouvi-nos!

Vós que tendes as chaves da vida e da morte da Salvação Purificação e perdição eterna, nós vos pedimos, ouvi-nos!

Dignai-vos livrar das chamas nossos parentes, amigos e benfeitores, nós vos pedimos, ouvi-nos!

Dignai-vos salvar todas as almas que gemem longe de vós, nós vos pedimos, ouvi-nos!

Dignai-vos ter piedade daquelas que não tem intercessores neste mundo, nós vos pedimos, ouvi-nos!

Dignai-vos admiti-las no número de vossos eleitos, nós vos pedimos, ouvi-nos!

 

- Cordeiro de Deus que tirais os pecados do mundo, dai-lhes o descanso eterno! (3 vezes)

 

            Oração: Ó Deus, Criador e Redentor de todos os fiéis, concedei às almas de vossos servos e de vossas servas, a remissão de todos os pecados, a fim de que, pelas humildes orações da vossa Igreja, eles obtenham o perdão que sempre desejaram. É o que vos pedimos por elas, ó Jesus, que viveis e reinais por todos os séculos. Amém.

 

 

 

O Terço das Almas

310 mil dias de indulgência, aplicáveis às almas do Purgatório.

 

Nas contas do Pai-Nosso:
Meu Jesus, Misericordioso, Meu Deus!
Creio em Vós, porque sois a mesma verdade.
Espero em Vos, porque sois fiel às Vossas promessas.
Amo-Vos, porque sois infinitamente Bom e Amável.

 

Nas três contas junto da Cruz do Terço:
Meu Bom Jesus, não me deixeis morrer sem receber os últimos sacramentos.

 

Nas contas das Ave-Marias nas dezenas:
Doce Coração de Maria, sede a minha salvação.

 

Oração de agradecimento por São José:
Santíssima Trindade, eu vos ofereço os Corações de Jesus e de Maria, com os seus merecimentos e o seu Amor, em nome de São José, para vos agradecer todos os dons que lhe concedestes, sobretudo por tê-lo feito Pai adotivo de Jesus e Esposo verdadeiro de Maria Virgem.

 

 

 

Oração

pelas almas do Purgatório.

 

        Ó DEUS de bondade, de Misericórdia Tende piedade das benditas almas dos fiéis, que estão sofrendo e que padecem no purgatório, aliviai as suas penas, dai-lhe Senhor o descanso Eterno, e Fazei nascer para elas a LUZ perpétua. Amém.

        Ó Maria  concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós.

 

 

 

Porque rezar

pelas almas do Purgatório?

 

O purgatório é um lugar de sofrimentos em que as almas se purificam, solvendo suas dívidas, antes de serem admitidas no céu, onde só entrará quem for puro. Sua existência se baseia no testemunho da Sagrada Escritura e da Tradição. Vários Concílios o definiram como dogma; Santos Padres e Doutores da Igreja o atestam a uma voz. Há uma prisão da qual não se sairá senão quando tiver pago o último centavo. (Mal. 18).

 

A Igreja, querendo que não nos esqueçamos das almas, consagrou um dia inteiro todos os anos à oração pelos finados. Determinou que em todas as missas houvesse uma recomendação e um momento especial pelos mortos. Ela aprova, sustenta e estimula a caridade pelos falecidos.

 

Como são esquecidos os mortos! Exclamava Santo Agostinho! E no entanto acrescenta S. Francisco de Sales, em vida eles nos amavam tanto. Nos funerais: lágrimas, soluços, flores. Depois, um túmulo e o esquecimento. Morreu... acabou-se!

 

Se cremos na vida eterna, cremos no purgatório. E se cremos no purgatório, oremos pelos mortos. O purgatório é terrível e bem longo para algumas almas, por isso devemos rezar muito pelas almas, socorrendo as almas, praticando a caridade em toda sua extensão. A devoção as almas do purgatório diz São Francisco de Sales encerra todas as obras de misericórdia, cuja prática, elevada ao sobrenatural nos há de merecer o céu.

 

 A Santa Missa é o sacrifício de expiação por excelência. É a renovação do calvário, que salvou o gênero humano. A cada Missa, diz São Jerônimo, saem muitas almas do purgatório. Depois da Missa...

 

A Comunhão. A Eucaristia é um Sacramento de descanso e paz para os defuntos, diz Santo Ambrósio. E o mesmo afirmam São Cirilo e São João Crisóstomo. Procuremos fazer boas comunhões lembrando-nos que quanto melhor as fizermos tanto mais aliviaremos os mortos. O Papa Paulo V estimulou a prática das comunhões pelas almas padecentes. Temos também as indulgências que entregamos a Deus para solver as dívidas das almas. Recitemos pequenas jaculatórias indulgenciadas. É tão fácil repeti-las em toda hora.

 

É uma mina de ouro que está a nossa disposição. Nossas orações são um meio de ajudar a salvar almas do purgatório.

 

São João Damasceno diz que há muito testemunho encontrado na vida dos Santos que provou claramente as vantagens da oração que se fazem pelos defuntos. Nossos sofrimentos junto a prece tem uma eficácia extraordinária para obter de Deus todas as graças. Aliviemos as almas do purgatório', com tudo que nos mortifica. A Via Sacra é uma prática das mais ricas de piedade. O Rosário é a rainha das devoções indulgenciadas.

 

Santa Gertrudes afirmava que uma palavra dita do fundo do coração e animada de sólida devoção tem mais eficácia que grande número de orações, feitas com pouco fervor.

Mais uma forma de ajudar as almas é dar esmola ao pobre em sufrágio das almas benditas. As lágrimas que vossas esmolas enxugarem, o alívio que tiverdes dado aos que padecem fome, sede e frio, serão o alívio no purgatório para as almas sofredoras. É uma dupla caridade, socorrer os pobres por amor das almas. É dar duas vezes. Socorre os vivos e os mortos.

 

A ÁGUA BENTA

(E seu uso em favos das Almas do Purgatório)

 

Usada com fé e confiança, a água benta tem grande valor para o corpo e alma, assim como constitui recurso eficiente em favor das almas do Purgatório.

 

Cada vez que o Sacerdote benze a água, ele o faz em nome da Igreja e na qualidade de seu representante, cujas orações nosso Divino Salvador sempre aceita com benevolência.

Por conseguinte, quando se toma água benta e com algumas gotas asperge a si ou um objeto, presente ou ausente, é como se de novo subissem ao Céu as orações da Igreja, para atrair as bênçãos divinas sobre o corpo e a alma, assim como sobre os objetos aspergidos com a água benta. É também a água benta uma poderosa arma para se dissipar os maus espíritos. São muitos os exemplos demonstrativos do temor e horror que Satanás e os demônios têm pela água benta.

 

Como, porém, se explica que também se possa aplicar a água benta em favor de pessoas distantes e até às almas do Purgatório?

Cada vez que se oferece, mesmo à distância, água benta, na intenção de um ente querido, sobe aos Céus a oração da Igreja anexa à mesma e induz o Coração Sacratíssimo de JESUS a tomar sob sua proteção no corpo e na alma esses teus entes queridos.

O mesmo acontece quando usamos a água benta em favor das almas do Purgatório.

Quanto alívio podemos nós concedermos a uma alma sofredora, por meio de uma gotinha de água benta!

 

O Venerável Padre Domingos de Jesus, segundo o costume da Ordem Carmelitana, tinha uma caveira sobre a mesa de sua cela. Certo dia, ao ter aspergido essa caveira com água benta, a mesma começou a bradar em alta voz suplicando: mais água benta! porque ela alivia o ardor das chamas horrivelmente dolorosas.

E com efeito, uma gotinha de água benta tem muitas ve­zes maior eficácia do que uma longa oração porque nossa oração muitas vezes é feita com descuido e distraidamente. Diferente é a oração da Igreja intercedendo, por meio da água benta. Oração que agrada sempre a Nosso Senhor JESUS CRISTO, em qualquer lugar onde lhe for apresentada em nome da Santa Igreja.

 

Por isso, as almas do Purgatório tanto anseiam pelo uso da água benta e se pudéssemos ouvir as suas súplicas por uma gotinha de água benta, certamente nos aplicaríamos mais assiduamente em seu uso, ao menos de manhã e à noite e algumas vezes durante o dia.

Quantas vezes por dia entras e sais do quarto! Não te será difícil deixar cair nessas ocasiões uma gotinha de água benta no Purgatório.

 

Que alegria causarias com isso às almas do Purgatório e que mérito colherias por meio da prática desse ato de caridade para ti mesmo e os teus; pois as benditas almas não se mostram ingratas. No mesmo momento em que as favorecemos, levantam suas mãos ao céu e rezam com tal fervor por seus benfeitores como não poderão fazer as pessoas mais justas do mundo. E DEUS ouve-lhes com predileção a oração e envia suas graças abundantes sobre os benfeitores delas.

 

Há católicos que não saem de casa sem, antes, aspergirem três gotinhas de água benta; uma para si e seus entes queridos, a fim de que Nosso Senhor os proteja de todos os perigos no corpo e na alma; uma outra para os moribundos, especialmente para os pecadores moribundos, a fim de que DEUS, na última hora, ainda lhes conceda a graça da conversão; e uma terceira em favor das almas benditas. Quanto é meritório tal modo de proceder. Imitemo-lo!

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças