:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.


Conheça aqui a obra
do Divino Espírito Santo.

 

 

 

 

 

 

NOVENAS A NOSSA SENHORA

 

 

> ORAÇÕES À NOSSA SENHORA.

 

> Novena de Confiança e Gratidão ao Coração Doloroso e Imaculado de Maria.

 

> Novena da Mãe, Rainha e Vencedora três vezes Admirável de Schoenstatt

> Novena a Nossa Senhora das Dores.

 

> Novena à Nossa Senhora das Graças

> Novena a Nossa Senhora do perpétuo Socorro.

> Novena a Nossa Senhora do Carmo.

> Novena a Nossa Senhora Auxiliadora.

 

> Novena das Três Ave-Marias

> Novena das Três Ave-Marias II

> Novena da Confiança

> Novena de Nossa Senhora do Bom Remédio

> Novena de Nossa Senhora Rosa Mística

 

> Novena de Nossa Senhora das Mercês I

> Novena de Nossa Senhora das Mercês II

> Novena de Nossa Senhora da Salette

> Novena de Imaculada Conceição

> Novena da Imaculada Conceição II

 

> Novena da Imaculada Conceição Nossa Senhora

> Novena da Imaculada Conceição Coroada de doze estrelas

> Novena de Nossa Senhora Aparecida

> Novena da Apresentação

> Novena da Natividade

 

> Novena da Natividade de Nossa Senhora

> Novena da Assunção

> Novena da Visitação

> Novena da Purificação

> Novena da Anunciação

 

> Novena de Nossa Senhora do Bom Conselho

> Novena de Nossa Senhora da Penha

> Novena de Nossa Senhora de Fátima

> Novena em Honra a Virgem Maria

> Novena de Nossa Senhora

 

> Novena de Nossa Senhora dos Aflitos

> Novena de Nossa Senhora do Rosário

> Novena de Nossa Senhora da Agonia

> Novena de Nossa Senhora desatadora de nós.

 

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena das Três Ave-Marias

 

I. Oh! Maria, Virgem Poderosa, para a qual nada é impossível: vos suplico, pelos poderes com que vos distinguiu Deus Pai Onipotente, que me socorrais na presente necessidade.

E, se pois podeis valer-me, não me abandoneis, Oh! Advogada das causas mais desesperadas.

Nisto está interessada a glória de Deus, vossa honra e o bem de minha alma.

Se, pois, como o suponho, a graça que peço está conforme com a amabilíssima e santíssima vontade de Deus, intercedei, onipotência suplicante, por mim ante vosso Filho, que nada vos pode negar.

De novo vos peço por esse poder ilimitado que vos comunicou o Pai Celestial, enquanto, para celebrá-lo, vos digo com Santa Matilde, a quem revelastes a prática saudável das três Ave-Marias:

 

Rezar a primeira Ave-Maria.

 

 

II. Puríssima Virgem, justamente chamada Trono da Sabedoria porque em Vós morou a sabedoria incriada, o Verbo de Deus e vos comunicou toda a plenitude de sua divina ciência na medida que podia participa-la a mais perfeita de todas as criaturas ... Vós sabeis bem quão grande é minha necessidade que tenho de vosso auxílio.

Me abandono, pois, de todo em vossas mãos confiando que em vossa divina sabedoria ordenareis tudo com força e suavidade à maior glória de Deus e proveito de minha alma e que pelos meios mais convenientes acudireis a socorrer minha necessidade.

Oh! Maria da divina sabedoria!, dignai-vos alcançar-me o dito favor que solicito.

Vos peço por essa inefável sabedoria com que o Verbo, Filho vosso, ilustrou vossa inteligência, enquanto para celebrá-la, vos digo com Santo Antônio de Pádua e São Leonardo de Porto Maurício, zelosíssimos propagadores das três Ave-Marias:

 

Rezar a segunda Ave-Maria.

 

III. Oh! Mãe terna e amável, verdadeira Mãe de Misericórdia!, Que nestes últimos tempos vos haveis chamado, vós mesma, "Mãe toda misericórdia", a Vós acudo para que useis comigo a compaixão e bondade, com maior força quanto maior é minha miséria.

Bem sei que de maneira alguma sou merecedor da graça que de Vós espero, já que tantas vezes tenho falhado, ofendendo a vosso Divino Filho.

Culpado sou, mas estou sinceramente arrependido de haver traspassado com meus pecados o amante Coração de Jesus e o vosso.

Não sois Vós, por outra parte, segundo o revelastes a vossa serva Santa Brígida, a "Mãe dos pecadores arrependidos"?.

Perdoai-me, pois, minhas passadas ingratidões e, tendo só em conta vossa misericórdiosa bondade e a glória que de ela resultará para Deus e para Vós mesma, obtende da divina misericórdia a graça que imploro mediante vossa intercessão.

Oh! Vós, a quem ninguém tem implorado em vão!, Oh! celestial, Oh! piedosa, Oh! Doce Virgem Maria!, digai-vos socorrer-me; vos peço por essa misericordiosa bondade de que em favor vosso vos tem enchido o Espírito Santo, enquanto para celebrá-la, vos digo com São Alfonso de Ligório, incomparável apóstolo de vossa misericórdia e autor das três Ave-Marias:

 

Rezar a terceira Ave-Maria.

 

Ao final se diz por três vezes:

"Maria, mãe minha, livrai-me de cair em pecado mortal!

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Confiança

 

Mãe amável de minha vida Auxilio dos cristãos; a graça que necessito ponho em vossas benditas mãos.

Deus vos salve Maria…

 

Vós que sabes meus pesares pois todos a vos os confio

Dai a paz aos perturbados e alivio ao coração meu.

Deus vos salve Maria…

 

E ainda que Vosso amor não mereço não recorrerei a Vós em vão pois sois Mãe de Deus. E auxilio dos cristãos.

Deus vos salve Maria…

 

Lembrai-vos, Oh! Mãe Santa! Que jamais se ouviu dizer Que alguém que vos tenha implorado; Sem teu auxilio receber.

Por isso com fé e confiança cheio de amor e esperança; Este favor eu vos peço: Pedir a graça que se deseja e dizer sete vezes:

 

"Santa Maria milagrosa, rogai ao Senhor Jesus por nós, e pelo mundo inteiro".

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena à Nossa Senhora do Bom Remédio

 

Com o objetivo de resgatar os cristãos escravizados na África e no Oriente Médio, São João da Mata e São Felix de Valois fundaram em 1198 a Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade. Precisavam, para isso, de vultosas somas em dinheiro. Recorreram, então, ao auxílio de Maria Santíssima, o remédio para todas as necessidades que encontramos na vida.

Foram abundantemente atendidos e conseguiram libertar da escravidão milhares de irmãos na Fé.

Como gratidão, passaram a honrar a Mãe de Deus sob o título de Nossa Senhora do Bom Remédio.

Desde essa época, incontáveis fiéis pedem a Nossa Senhora do Bom Remédio ajuda de modo especial em suas necessidades financeiras. E não recorrem em vão à mais bondosa de todas as mães.

 

Oração:

Oh! Rainha do Céu e da Terra, Santíssima Virgem, nós Vos veneramos.
Vós sois a Filha bem-amada do Deus Altíssimo, a eleita Mãe do Verbo Encarnado, a imaculada Esposa do Espírito Santo, o sagrado Vaso da Altíssima Trindade.

Ó Mãe do Divino Redentor, que, sob o título de Nossa Senhora do Bom Remédio, vindes em ajuda de todos os que Vos invocam, estendei a nós a vossa proteção maternal.

Dependemos de Vós, Oh! querida Mãe, como filhos sem ajuda e necessitados dependem de mãe terna e cuidadosa.

Ave-Maria...

 

Nossa Senhora do Bom Remédio, fonte de ajuda infalível, permiti-nos retirar de vosso tesouro de graças, nos momentos de necessidade, tudo quanto precisarmos.

Tocai os corações dos pecadores, para procurarem a reconciliação e o perdão. Confortai os aflitos e os abandonados, ajudai aos pobres e aos que perderam a esperança, amparai os enfermos e os que sofrem.

Possam eles ser curados de corpo e alma, e fortalecidos no espírito para suportar seus sofrimentos com paciente resignação e fortaleza cristã.

Ave-Maria...

 

Querida Senhora do Bom Remédio, fonte de ajuda infalível, vosso Coração compassivo conhece o remédio para toda aflição e miséria que encontramos na vida.

Ajudai- nos, com vossas orações e intercessão, a encontrar remédio para nossos problemas e necessidades, especialmente... (Faça aqui os pedidos que deseja.)

De nossa parte, Oh! amorosa Mãe, nós nos comprometemos a um estilo de vida mais intensamente cristão, a uma observância mais cuidadosa da Lei de Deus, a sermos mais conscientes em cumprir as obrigações do nosso estado de vida, e a esforçar-nos para sermos instrumentos de salvação neste mundo arruinado.

Querida Senhora do Bom Remédio, nós Vos pedimos que estejais sempre presente junto a nós e, por vossa intercessão, possamos gozar de saúde de corpo, de paz de espírito, e crescer na Fé e no amor ao vosso Filho, Jesus.

Ave-Maria...

 

Rogai por nós, Oh! Santa Mãe do Bom Remédio.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena à Nossa Senhora Rosa Mística

 

Rosa Mística, Mãe da Divina Graça. Bendita sois porque deste a humanidade a vosso Divino Filho Jesus Cristo, autor da Graça.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, Bendita sois porque vosso Divino Filho nos alcançou a graça morrendo na cruz, cooperando Vós com Ele nesse momento, quando uma espada de dor traspassou vossa alma.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, Mãe nossa, voltai vosso amoroso olhar sobre todos os homens, a Vós clamamos e suplicamos que nos obtenhas as graças que nos conferem o batismo, a penitência e os demais sacramentos.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, Mãe da Divina Graça, fazei que todos cheguemos a Casa do Pai Celestial já que todos somos filhos vossos e filhos de Deus. Vos rogo que olheis minha alma, tão pobre e indigna e cuides dela.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, vosso que dais a quem queiras e dais quando e como queiras, eu confio em Vós e abro meu coração. Fazei irradiar vossa luz em minha alma e que vosso maternal amor com força misericordiosa abrase meu coração e o encha de alegria, humildade e paz.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, Vós que como Mãe tens maior preocupação pelos mais necessitados do vosso socorro. Eu vos imploro em todas as minhas necessidades espirituais e corporais e agora muito especialmente vos suplico me concedas esta graça que vos peço.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística, Vós que sois Mãe de Jesus Cristo e Mãe da Divina Graça, Vós que sois Mãe de misericórdia e Mãe da Vida, vosso que sois nossa Mãe bondosa e nossa esperança encerre-me em vosso Coração Imaculado e socorrei-me. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

 

Rosa Mística rogai a Jesus por nós. (Três vezes).

 

Deus te salve Rainha e Mãe.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora das Mercês I

 

Virgem e Senhora Nossa das Mercês, a vós suplicamos que, mediante vossa maternal intercessão ante vosso Filho Jesus Cristo, nos alcances a graça de nos vermos livres das angústias e sofrimentos humanos, tão freqüentes neste mundo que vivemos; e concedais consolo abundante para todos os que vivem aflitos e na opressão ou marginalização.

Vos rogamos também, vos que sois libertadora de cativos, nos alcances a verdadeira liberdade dos filhos de Deus e nos faças livres de qualquer escravidão, de modo que experimentemos em nós a alegria da salvação. Amém.

Se pede a graça espiritual ou temporal que se deseja.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória...

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora das Mercês II

 

Oração Inicial: Invocação a Nossa Senhora das Mercês.

 

Mãe querida das Mercês: Com a simples confiança de filhos, recorremos a ti.
Vimos aos teus pés de rainha e mãe de misericórdia, suplicando o teu poderoso auxílio.

O nosso mundo vive aprisionado em tantas formas de escravidão e opressão.

Nosso tempo não é menos atribulado que aquele em que tu, compadecida da terra, inspiraste a fundação de uma Ordem religiosa, destinada à redenção dos cativos cristãos.

Novas formas de escravidão social, política ou psicológica-que derivam, em última instancia, da corrupção do pecado surgem a cada dia.

Aqui nos tens, Oh! Mãe das Mercês, também nós, lutando para livrar-nos de tantas cadeias e opressões do nosso mundo.

Ajuda-nos com a tua misericórdia, para que possamos recuperar a feliz liberdade dos filhos de Deus. Amém.

 

Orações Finais

 

Mãe das Mercês: Nosso espírito sente-se confortado cada vez que a ti recorremos. Uma doce esperança inunda o nosso ser, porque nos lembramos daquelas palavras de São Bernardo: "Nenhum daqueles que a vós tem recorrido, foi por vós desamparado".

Cheios de alegria voltamos à luta da vida, certos de que não nos faltará o teu auxílio.

Bendize-nos, Senhora, pois tua bênção é sinal da bênção divina. Amém.
Mãe das Mercês: com gratidão vos saudamos porque quiseste exercer tua misericórdia em favor dos homens.

Com teu amor materno cuidas dos irmãos de teu Filho, que ainda peregrinam e se encontram em perigos e dificuldades, até que sejam conduzidos à pátria bem-aventurada.

Por isso, a Igreja vos invoca com os títulos de advogada, auxiliadora, socorro, mediadora.

Nós vos aclamamos como mãe de miseric6rdia, porque quiseste vir, solícita, em favor de teus filhos cativos prestar-lhes o teu maternal auxílio. Com tua presença fiel colaboraste na obra salvadora do teu Filho.

Tu, Virgem redentora, fortaleceste a caridade de teus filhos redentores, na grande obra da libertação dos cativos cristãos.

Protege, Mãe das Mercês, a fé vacilante de tantos filhos teus, especialmente a daqueles que correm o risco de perdê-la.

Concede a plena liberdade a quantos dela carecem e lutam por consegui-la.
Ajuda, com amor solícito, os que vivem situações de injustiça: prisão ou enfermidade, fome ou sede, nudez ou desterro.

Faz que saibamos agradecer tua mercê para conosco; que gravemos tua imagem em nosso coração, de forma que toda nossa vida respire amor para contigo.

Dá-nos a força necessária para fazer presente, no meio dos homens, tua mensagem de amor e de liberdade. Amém.

 

Oremos:

Oh! Deus onipotente e misericordioso, que suscitaste, sob o patrocínio da Mãe do teu Filho, uma família de religiosos, imitadores da caridade de Cristo, até a entrega de si mesmos para libertar os fiéis cativos:

Faz que, guiados por Maria, inspiradora desta obra, dediquemos nossa vida a promover a verdadeira liberdade dos homens.

Por nosso Senhor Jesus Cristo, teu Filho, que contigo vive e reina na unidade do Espírito Santo. Amém.

Pai misericordioso, que enviaste ao mundo teu Filho Jesus Cristo, Redentor nosso, com a maternal cooperação da Virgem Maria:

Concede a quantos a invocamos com o título das Mercês gozar a liberdade de filhos, que o Cristo Senhor nos mereceu com o seu sacrifício e possamos oferecê-la, incansavelmente, a todos os homens.

Por nosso Senhor Jesus Cristo, teu Filho, que contigo vive e reina na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

Primeiro Dia

 

Senhora e Mãe das Mercês:

Logo que o Anjo vos informou sobre a concepção do Filho de Deus no teu ventre, partiste, apressada, para a casa de Isabel, tua prima, para comunicar-lhe a alegria do grande acontecimento.

De posse de Deus, teu primeiro gesto foi participá-lo aos outros.

Ensina-me, Senhora, a partilhar aos demais a experiência de Deus.

O mundo de hoje vem, cada vez mais, distanciando-se Dele.

E a convivência entre os homens torna-se também cada vez mais difícil.

Dá-me a graça de me esforçar generosamente para ser, no mundo, testemunha do Reino de Deus; e ajudar a fazer da sua Igreja uma grande família.

Dá-me gestos de solidariedade, sobretudo aqueles que ajudam os homens a ser artífices livres de sua pr6pria libertação. Amém.

 

Segundo Dia

 

Virgem Santíssima das Mercês:

Desde o momento que acolheste a tua maternidade divina, tua grande preocupação foi cumprir, no mundo, o projeto misericordioso de Deus.

No canto solene que proferiste, não vos assombraste em denunciar a soberba dos poderosos e em proclamar a vez dos simples e dos humildes.

Nosso mundo julga-se, cada dia, mais auto-suficiente.

Faz que eu não reconheça outro Senhor do Mundo senão Deus.

Purifica o meu coração dos seus desejos arrogantes e torna minha alma simples para acolher os desígnios de Deus sobre mim.

Dá-me a coragem de falar em nome daqueles, cuja voz a sociedade reprime.

E leva-me a acolher com caridade o próximo, especialmente aqueles que o mundo mais despreza e marginaliza.

 

Terceiro Dia

 

Senhora das Mercês, Mãe de Misericórdia:

Quando o Anjo vos anunciara a Encarnação do Filho de Deus, eras apenas uma jovem de 15 anos: pobre, simples, humilde.

Mas, consciente do mundo e dos seus dramas; apaixonada por teu Deus, ansiosa por seus mistérios, disponível à sua graça; cheia de santidade e de amor.
Sem medo a respostas definitivas.

Ajuda-me a sentir esta jovialidade que reflete Deus.

Abre o meu coração para esta disponibilidade que O acolhe.

Dá-me a graça comunicativa do Seu amor; a caridade que alcança os outros, sobretudo os que, no mundo, mais necessitam de amor.

Que eu seja capaz de não parar em mim.

Mas, vendo os problemas do mundo e das pessoas, tenha a coragem de buscar soluções, que se encaminhem para a sua realização em Deus.

 

Quarto Dia

 

Mãe do Céu, Maria das Mercês, Senhora deste mundo sofrido:

Desde cedo, conheceste no mundo a miséria humana: Filha de pais pobres; esposa de um artesão, curtiste a pobreza e o sofrimento, o desprezo da tua raça, o exílio, a discriminação social, a repressão estrangeira, os esquemas injustos do poder a violência institucionalizada, a marginalização e a miséria do teu povo.

Mas vos mantiveste firme, mulher forte, diante de um mundo, que os homens tornaram grosseiro; e não perdeste a fé, nem o amor ao teu Deus e aos teus irmãos.

Acreditaste num mundo melhor. Confiaste que o futuro pertence ao bem e respondeste "Sim" ao plano Redentor de Deus.

Remedia, agora, Oh! Mãe, as nossas dificuldades.

Alivia as dores desta humanidade sofrida.

Liberta o homem das suas tendências de pecado.

Sê consolo na tribulação, saúde na enfermidade, força libertadora do pobre e do oprimido. Amém.

 

Quinto Dia

 

Virgem Santa das Mercês, Mãe da Humanidade, Senhora do Mundo:

Junto à Cruz, assistias, de pé, à morte do Teu Filho.

Naquela hora de agonia e de grande amor, Jesus vos entrega o seu Testamento: A Humanidade. "Mulher, eis aí Teu Filho".

Todos lhe pertenciam. Agora, todos são teus.

E acolheste, com ternura, no teu coração, todos os irmãos do teu Filho.
Sabias que estavas acolhendo uma humanidade pecadora, que faz cruzes para sacrificar os seus irmãos.

Sabias que estavas adotando uma multidão incontável de pessoas que, ao longo da história, só carregam sofrimentos e dores. Mesmo assim não hesitaste.
Faz, Senhora, que 0 meu coração saiba acolher, igualmente, a todos os que sofrem.

Especialmente os que padecem as penas do exílio e da guerra; as vítimas dos preconceitos, do terrorismo político e social; os que são feridos na sua dignidade e direitos fundamentais; os que são torturados e condenados, sem defesa; os doentes desassistidos, os pobres abandonados, os que passam fome e os desempregados; os que são marginalizados por qualquer motivo; os perseguidos por causa da sua fé e os que têm um espírito conturbado.

De todos alivia suas penas e concede-lhes tua graça. Amém.

 

Sexto Dia

 

Senhora das Mercês, honra do gênero humano, Mãe dos que esperam em ti:

No episódio do desaparecimento do teu Filho ficaste aflita e angustiada.

Ao encontrá-lo no Templo, entendeste que Ele ficara ali, para tratar, com os grandes do Povo, sobre as coisas de Deus.

Com o coração aliviado, foste tomada de um encanto maior, por aquela criança, que sob o teu cuidado, crescia em sabedoria e graça, diante de todos.

Faz que a humanidade aprenda da criança a ternura e a simplicidade.

Faz que a sociedade entenda que o amor e o cuidado com os pequenos, garante um mundo adulto mais sadio e harmonioso.

Vê quantas crianças perdidas, pequenos carentes menores abandonados.
Ninguém os busca; ninguém os faz crescerem.

Protege a Família, tem compaixão das mães que, por mil motivos, perdem os seus filhos.

Acolhe sob o teu olhar, os milhões de crianças perdidas no meio da sociedade.

Que a sua imagem desperte o coração dos homens para que usem os seus bens, de forma a servir os demais; e a todos dá-nos que amemos não só de palavra, mas com obras e de verdade (I Jo 3,16-20).

 

Sétimo Dia

 

Senhora Santíssima das Mercês, Redentora dos cativos:

Quando nos momentos difíceis os cristãos sofriam sob o jugo político e religioso de povos inimigos da mensagem salvadora do Evangelho, vos comoveste com a aflição dos que professavam a fé em Jesus Cristo e ouviste o grito dos cativos que perdiam a liberdade, por causa da sua fé.

Cheia de misericórdia, desceste e inspiraste, na terra, no coração de Pedro Nolasco e na consciência dos povos o espírito libertador de Deus, para restituir aos cativos a liberdade, e a todos os homens a Redenção.

Vê, de novo, Mãe das Mercês: nosso mundo padece, hoje, de terríveis situações de perseguição e cativeiro.

Derruba, pois, os muros que isolam as pessoas, quebra as cadeias dos oprimidos, liberta os corações aprisionados, alivia os espíritos sufocados, redime os homens de suas maldades, e concede a todos a verdadeira liberdade. Amém.

 

Oitavo Dia

 

Mãe das Mercês, Defensora dos oprimidos, Vitória dos que lutam:

Toda vez que os homens se obstinam num caminho sem saída, afastando-se do bem e fazendo sofrer aos seus irmãos, Tu, como mensageira de Deus, desces à terra; e movida de entranhável caridade, tentas salvar o que estava perdido.

Cheia de graça e de amor, suscitas no coração dos homens o espírito de acolhimento e de misericórdia.

Foi assim que envolveste o coração de São Pedro Nolasco com um imenso amor pelos cativos cristãos e o inspiraste para que organizasse um movimento de misericórdia e de defesa dos fracos e dos perseguidos por causa de sua fé.

Vê, agora, Senhora, nosso mundo, cheio de violências e conflitos; de ódios e injustiças; de perseguição, fome e misérias; de descrença, desespero e desamor.

E sensibiliza, uma vez mais, a consciência e a vontade dos homens para que se revistam de bondade e de tolerância; de justiça e de boas intenções. Amém.

 

Nono Dia

 

Mãe e Mercê de Deus para os homens:

Nossa América nasceu à sombra da Cruz de Jesus e desde o seu início se cobiçou debaixo de tua maternal proteção.

Ela é formosa e bela e no seu coração pulsa o amor de Deus e imenso carinho por ti.

Mas, os homens cobriram nossa América de opróbrios e de misérias; e a transformaram num lugar de dor e de sofrimento, para multidões intermináveis de filhos seus.

A pobreza, a enfermidade, o desemprego, o trabalho forçado, a violência, a repressão afligem a tantos irmãos nossos.

A fome, a miséria, o analfabetismo, a doença se estampam em milhões de olhos tristes e assustados.

Por viverem a paz do Evangelho, massas de cristãos agüentam lutas, golpes, cárceres (2Cor 6,310) e aceitam sofrimentos atrozes (2 Tm 1,8-2,3).

Mas que não riam de suas penas os maus e insensíveis.

Que a tolerância dos fracos não prolongue na História a injustiça e a maldade dos poderosos.

Que não se diga: "É um Continente pobre e atrasado porque se sujeitou à civilização cristã da submissão e da cruz".

Que o sofrimento e a aflição de tantos despertem a consciência dos que se acomodam ou ficam indiferentes.

Sensibiliza, Senhora, os corações dos poderosos para que se convertam.

Alivia e dá forças aos fracos para que resistam e não percam a fé. Amém.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora da Salette

 

Primeiro Dia            

 

Palavra de Maria:

"Se meu povo não se quer submeter sou forçada a deixar cair o braço de meu Filho.

É tão forte e tão pesado que não o posso mais sustentar."

 

Meditação:

Grave advertência!

A Virgem Maria chora sobre "seu povo".

Com ternura e firmeza, lembra-nos o essencial: só podemos ser salvos por Jesus, seu Filho, "a Quem Deus tudo submeteu" (1 Cor 15,26).

Com a força de seu amor, Deus quer nos salvar:

"Manifestando a força de seu braço, dispersa os homens de coração orgulhoso e exalta os humildes".

Cabe a nós escolher! Se recusamos seguir seu Filho, Maria nada pode fazer por nós ... a não ser chorar para nos convencer de nosso pecado.

 

Oremos:

Quando estamos desamparados, ensinai-nos, ó Mãe de Cristo, a olhar para vosso Filho.

Queremos lhe submeter todos os nossos pensamentos e palavras, nossas ações e afeições.

Que se manifeste em nós a força de seu amor.

Fazei nosso coração semelhante ao de vosso Filho.

E que Nele, vossos filhos, infiéis e dispersos, se tornem verdadeiramente "vosso povo". Amém.

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Segundo Dia

 

Palavra de Maria:

"Há quanto tempo sofro por vós! Se quero que meu Filho não vos abandone, sou incumbida de suplicá-lo sem cessar, e, quanto a vós, nem fazeis caso!"

 

Meditação:

As lágrimas e a Mensagem de Maria, em La Salette, nos recordam duas realidades: Ontem a Mãe das Dores, de pé, junto à Cruz de Jesus, recebia a missão de fazer de nós pessoas de fé:

"Eis teu filho!" Hoje, "o amor materno de Maria a torna atenta aos irmãos de seu Filho que ainda peregrinam, rodeados de perigos e dificuldades".

O próprio Jesus nos leva a contemplar Maria e a imitar sua fé inabalável, sua incessante oração e ativa caridade:

"Eis tua Mãe!"

 

Oremos:

Lembrai-vos, Mãe das Dores, de vossos sofrimentos por nós, no Calvário, unida a Paixão de vosso Filho.

Não cesseis de interceder por nós, junto a vosso Filho: que Ele não nos abandone em nosso pecado e indiferença; Que rompa as correntes de nossas injustiças, fortaleça nossos corações e nos ensine reconhecer seu Rosto sofredor em cada um de nossos irmãos doentes, marginalizados ou oprimidos. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Terceiro Dia

 

Palavra de Maria:

"Dei-vos seis dias para trabalhar, reservei-me o sétimo, e não me querem conceder!"

Deixemo-nos questionar: sim, o sétimo dia a Deus pertence.

Ele o quis para nos libertar das contrariedades do trabalho, do círculo vicioso da produção e do consumismo, para nos fazer tomar consciência de que somos pessoas livres, dotadas de uma liberdade que é dom de Deus.

Ele reservou esse dia para que nos lembremos de que somos "filhos seus em Cristo", conduzidos por seu Espírito (Rom 8, 16).

Esse dia, que restitui nossa liberdade e dignidade, nos congrega também como irmãos, irmãos a se reconciliar! Que fazemos de nosso domingo?

 

Oremos:

Virgem Fiel, que quereis nos restituir nossa dignidade de pessoas livres e de filhos de Deus, ensinai-nos também os caminhos da reconciliação com nossos irmãos.

Que brilhe sobre nós o Dia do Senhor, que ele dê sentido a nosso trabalho e a nossa solidariedade, a fim de que, em Jesus Cristo, rendamos graças a Deus que quer a salvação de todos. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Quarto Dia

 

Palavra de Maria:

"E também os carroceiros não sabem jurar sem usar o Nome de meu Filho!"

 

Meditação:

"Jurar como um carroceiro" é descarregar sobre Deus a responsabilidade de nossas desgraças, grandes ou pequenas.

Ora, o Nome de Cristo, Jesus, significa "DEUS SALVA".

Que contradição! É o Nome do Filho de Deus, o Irmão Universal, que passou por nossa vida e pela morte de cruz, conservando sua confiança no Pai, respeitando a liberdade de cada um de nós, até dos próprios inimigos, sendo sempre nosso Irmão!

Batizados em nome de Jesus Cristo, somos nós verdadeiramente discípulos seus?

 

Oremos:

Mãe de Cristo, ensinai-nos a depositar nossa confiança no Nome de Jesus, "o único nome pelo qual podemos ser salvos" (At 4, 12).

Invocai sobre nós o Nome de vosso Filho.

Que a santidade de nossa vida e o amor testemunhado a todos os nossos irmãos manifestem ao mundo a ternura de Deus, revelada em Jesus, o Cristo, Nosso Senhor. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Quinto Dia

 

Palavra de Maria:

"Se a colheita se estraga é só por vossa causa.

No ano passado vo-lo mostrei com as batatinhas: vós nem fizestes casa!
Ao contrário: quando encontráveis batatinhas estragadas, praguejáveis ...

Os outros farão penitência pela fome! "

 

Meditação:

Nossa Mãe não desvia nossa atenção, mas nos aponta os males desse mundo ... c nossa indiferença também!

Hoje, dois terços da humanidade morrem ou sofrem de fome, os direitos humanos são violados, a injustiça está à nossa porta.

E nós nem fazemos caso!

Não é peio que possuímos que seremos salvos, mas pela Palavra de Cristo: "Tive fome e me deste de comer..., era peregrino, doente, prisioneiro... e vós me visitastes (Mt 25, 31s).

 

Oremos: Ó Virgem da Salete, abri nosso olhar para a infelicidade de nossos irmãos.

Abri nossos corações a fim de que, trabalhando nesse mundo que passa, se apeguem àquilo que não passa.

Abri nossas mãos para partilhar com os mais pobres.

Que através de nós, vosso Filho continue a alimentar e curar, a amar e perdoar, e a construir um mundo conforme o coração do Pai. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Sexto Dia

 

Palavra de Maria:

"Se se converterem, as pedras e rochedos se transformarão em montões de trigo..."

 

Meditação:

"Todo homem acorre a Vós, por causa de seus pecados. Oprime-nos o peso de nossas faltas. Vós no-las perdoais" (S1 64, 3- 4).

Ao oprimido pelo pecado Jesus diz: "Levanta-te, toma teu leito e vai para casa" (Mc 2, 11).

Reconhecemos Nele o Deus que perdoa, que nos levanta e nos põe a andar.
Caminhemos no seguimento do Cristo.

"Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida" Caminho a seguir. Verdade a descobrir. Vida a ser partilhada.

A Vida que pode fazer germinar o deserto de nossos corações e de nosso mundo, em colheitas superabundantes..., se nos deixarmos converter!

 

Oremos:

Que nossa incessante oração, ó Virgem Reconciliadora, nos obtenha, de vosso Filho, o perdão de nossos pecados.

Que vossas lágrimas de Mãe transformem em coração de carne nosso coração de pedra.

Que vossa inabalável fidelidade sustente a nossa fé vacilante, e nos fala constantemente voltar àquele que é nosso único Salvador, vosso Filho Senhor. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

 Sétimo Dia

 

Palavra de Maria:

"Fazeis bem vossa oração, meus filhos? ...

É preciso fazê-la de noite e de manhã ...

Só vão à Missa para zombar da religião.

Durante a Quaresma vão ao açougue como cães."

 

Meditação:

A Virgem Maria nos questiona sobre a qualidade dos gestos de fé que nos ligam a Deus, e que são fonte de nossa conversão.

A cada dia, a oração da manhã e da noite, diálogo livre e constante com Deus! "Pai, não o que quero, mas o que Tu queres!"

A cada semana, a assembléia eucarística dos cristãos:

Memória da Morte de Cristo que suscita nosso amor, presença do Ressuscitado que reaviva nossa fé, espera de sua vinda que nutre nossa esperança!
A cada ano: - a Quaresma de penitência, de oração e partilha, a Via Sacra onde Cristo nos ensina a dar a Deus nossa vida, no serviço a nossos Irmãos.

 

Oremos:

Serva do Senhor, ensinai-nos a fazer de nossa vida uma oferenda agradável a Deus. Que nossa vida seja uma oração, e que nossa oração seja fonte de vida.
Mantende-nos junto a Vós, no coração da Igreja, dispostos a partilhar das lutas e sofrimentos dos homens de nosso tempo para que surja um mundo novo. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Oitavo Dia

 

Palavra de Maria:

"...teu pai te deu um pedaço de pão, dizendo-te: Toma, meu filho, come pão neste ano ainda, pois não sei quem comerá pão no ano próximo se o trigo continuar assim. "

 

Meditação:

O temor de um mal iminente, a despreocupação de uma criança, o cuidado de um pai, o pão partilhado: coisas da vida, presentes na memória e no coração de Maria.

E por que não confiarmos Nela?

"Ora, se vós que sois maus, sabeis dar coisas boas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lho pedirem?" (Mt 7,11).

Esse pão partilhado - nos relembra todas as fomes dos homens, e também Aquele que é o Pão da Vida partido para saciar todas as nossas fomes.

 

Oremos:

Ó Mãe atenda a todos os abandonados, despertai-nos para a ternura.
Renovai nossa confiança no Pai.

Fazei-nos partilhar de seus cuidados em salvar seus filhos de todas as fomes do corpo, do coração e do espírito.

Dai-nos fome do Pão da Vida, Jesus, vosso Filho, nosso Senhor. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

Nono Dia

 

Palavra de Maria:

"Pois bem, meus filhos, comunicareis isso a todo o meu povo!"

 

Meditação:

Depois de nos relembrar que vivemos diante de Deus - um Deus que ama e salva, que nos conhece mais do que a nós mesmos, Maria nos relembra também qual é a nossa missão: levar ao mundo a Boa Nova de Jesus Cristo.

Impregnados de seu Espírito, consagrados na verdade e no amor, devemos participar, com todos os homens de boa vontade, das buscas e lutas para, com Deus, construir um mundo mais humano e um homem a imagem de Cristo.

A Virgem Maria maternalmente nos acompanha e nos encoraja: "Vamos, meus filhos, comunicai isso a todo meu povo!"

 

Oremos:

Virgem da Salette, olhai para vosso povo tão freqüentemente infiel.

Não permitais que se percam as sementes do bem que germinam no coração e na mente dos homens e povos.

Que o Espírito Santo cure, eleve e complete em nós, nossos esforços vacilantes, para a liberdade, a justiça e a unidade.

Mãe da Igreja, atrai-nos para vosso Filho Ressuscitado, fazei-nos viver de seu Espírito, para a glória do Pai e a felicidade de todos.

Desde agora e para sempre. Amém.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Lembrai-vos.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Imaculada Conceição

 

(Rezá-la por nove dias seguidos.)

 

Virgem Imaculada, que agradastes ao Senhor e fostes sua Mãe, por piedade volvei benigna os olhos para os infelizes que imploramos o vosso poderoso patrocínio.

A serpente maligna, a quem foi lançada a primeira maldição, teima em combater e tentar os míseros filhos de Eva.

Eis, bendita Mãe, nossa Rainha e Advogada, que desde o primeiro instante da vossa Conceição esmagastes a cabeça do inimigo!

Acolhei as súplicas que, unidos a vós num só coração, vos pedimos apresenteis ante o trono do Altíssimo, para que nunca nos deixemos cair nas emboscadas que se nos preparam;

Para que todos cheguemos ao porto da salvação; e, no meio de tantos perigos, a Igreja e a sociedade cantem de novo um hino de resgate, da vitória e da paz. Assim seja.

 

Pai-Nosso, Ave-Maria... e Glória ao Pai.

 

 

 

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Apresentação

 

Seja bendita, Oh! Maria, a prontidão do animo com que tão pequenina vos apresentastes no templo.

Suplico-vos, Virgem Santíssima, me alcanceis de vosso Filho a graça de servi-lo sempre, até a morte.

 

Ave-Maria...

 

Seja bendita, Oh! Maria, a plenitude de perfeição com que tão cedo vos fizestes modelo completo de santidade.

Suplico-vos, Virgem Santíssima, me alcanceis de vosso Filho a graça de aborrecer sempre a culpa e amar de todo coração a virtude.

 

Ave-Maria...

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Natividade

 

Oh! graciosa Menina, que em vosso feliz nascimento consolastes o mundo, alegrastes o céu, aterrastes o inferno, trouxestes aos caídos alívio, aos enfermos saúde, a todos alegria;

Nós vos suplicamos com o mais fervoroso afeto que renasçais espiritualmente por vosso amor em nossas almas.

Renovai o nosso espírito para servir-vos, acendei o nosso coração para amar-vos e fazei florescer em nós aquelas virtudes, com que possamos cada vez mais agradar a vossos benignissimos olhos.

Ah! Maria! sede para nós Maria, fazendo-nos experimentar os salutares efeitos de vosso suavissimo nome.

Seja-nos a invocação deste nome conforto nas amarguras, esperança nos perigos, escudo nas tentações, salvação na morte. Assim seja.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena de Nossa Senhora Aparecida

 

Oh! Virgem Maria, abençoada sois vós pelo Senhor Deus Altíssimo entre todas as mulheres da terra.

Vós sois a glória de Jerusalém, vós a alegria de Israel, vós a honra do nosso povo.

Salve oh! Virgem, honra de nossa terra, a quem rendemos um culto de piedade e veneração, a quem chamamos com o belo nome de Aparecida.
Quem poderá contar, oh! doce Mãe quantas graças durante tantos anos vós dispensastes ao povo brasileiro, compadecida de nossos males?

Quisemos cingir vossa cabeça sagrada com uma coroa de ouro, que vos é devida por tantos títulos; continuai a dobrar-vos benignamente as nossas preces.
Quando erguemos ao céu nossas mãos suplicantes, ouvi clemente os nossos rogos, oh! Virgem; conservai nossas almas afastadas da culpa e, por fim conduzi-nos ao céu.

Salvação, honra e poder Aquele que, uno e trino, nos fulgores de seu trono celeste, governa e rege todo o universo.Amém.

V. A Vossa Imaculada Conceição, Oh! Virgem Mãe de Deus.

R. Anunciou a alegria ao mundo todo.

 

Oremos:

Deus que, por intermédio da Mãe Imaculada de vosso Filho, multiplicastes os dons de vossa graça em favor nosso, vossos servos; Concedei-nos propício que celebrando na terra os louvores da mesma Virgem, pelas suas maternas preces mereçamos alcançar o prêmio eterno no céu.Pelo mesmo Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Assunção

 

Oh! Santíssima Virgem que, para vos preparardes para uma santa morte, vivestes em contínuos desejos da visão beatifica; fazei que se apartem de nós os desejos vãos das coisas caducas da terra.

 

Ave-Maria...

 

Oh! Santíssima Virgem que, para vos preparardes para uma santa morte, suspirastes na vida por vos unirdes para sempre com vosso Filho; alcançai-nos que vivamos sempre fiéis ao mesmo Senhor até à morte.

 

Ave-Maria...

 

Oh! Santíssima Virgem que, para morrer santamente, ajuntastes um imenso tesouro de méritos e virtudes; alcançai-nos a graça de conhecermos que só a virtude e a graça de Deus é a estrada que pode conduzir-nos à salvação.

 

Ave-Maria...

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Visitação

 

Oh! Virgem Maria, que movida do Espírito Santo vos pusestes a caminho para visitar vossa prima Santa Isabel, a fim de que a presença do Verbo encarnado livrasse o Batista do pecado original;

Alcançai-me do mesmo vosso Filho o perdão de todos os meus pecados, e um tal horror a eles, que nunca mais torne a cometê-los para o futuro.

 

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena de Nossa Senhora do Bom Conselho

 

Oh! Virgem gloriosíssima, escolhida pelo Conselho eterno para serdes Mãe do Verbo Divino encarnado, tesoureira das graças divinas e advogada dos pecadores:

Eu, o mais indigno dos vossos servos a vós recorro, para que vos digneis ser minha guia e meu conselho neste vale de lágrimas.

Alcançai-me, pelo preciosíssimo sangue de vosso divino Filho, o perdão de meus pecados, a salvação da minha alma, os meios necessários para a conseguir.
Alcançai para a Santa Igreja o triunfo sobre os seus inimigos e a dilatação do reino de Jesus Cristo em todo o mundo. Assim seja.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Purificação

 

Oh! Maria Santíssima, puríssimo espelho de todas as virtudes, vós que, sendo a mais pura de todas as virgens, quisestes, apenas terminados os quarenta dias depois de vosso parto, apresentar-vos, segundo a lei, no templo para ser purificada; Fazei, Senhora, que á vossa imitação também nós conservemos nosso coração puro de toda a culpa e mereçamos assim ser apresentados no templo da glória.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Anunciação

 

Oh! Maria, que fostes escolhida por Deus entre todas as mulheres para serdes a Mãe do Redentor:

Alcançai-me a graça de pertencer ao número dos escolhidos, que hão de estar no céu tendo os frutos da Redenção.

 

Ave-Maria...

 

Oh! Maria, que sendo escolhida para Mãe de Deus, preferistes a esta excelsa dignidade a vossa virgindade, e só quando o Anjo vos assegurou com que ser Mãe não deixaríeis de ser Virgem anuístes à sua proposta: Concedei-me um amor tão grande à pureza, que por nenhum bem deste mundo eu consinta em perde-la.

 

Ave-Maria...

 

Oh! Maria, que sendo escolhida para Mãe de Deus,vos oferecestes para ser sua escrava, fazei que eu tenha sempre na conta de um servo de Deus, cumprindo com exatidão a sua santa Lei.

 

Ave-Maria...

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora da Penha

 

Oração Preparatória para todos os dias da novena:

 

Salve Senhora da Penha, Rainha dos céus e da terra! Mãe Imaculada do Redentor, fonte de misericórdia e refúgio dos pecadores, doçura e alívio de todos os nossos sofrimentos, que no monte sagrado da Penha vos dignastes revelar ao vosso servo Frei Pedro Palácios os prodígios de vosso coração de mãe, eis-me prostrado aos pés de vossa milagrosa imagem para expor-vos a minha aflição e reclamar o milagre da graça.

 

A vós suspiro com fervoroso alento, gemendo e chorando a vossos pés e implorando a vossa compaixão.

 

Enxugai benigna o pranto de quem vive desterrado neste vale de lágrimas.


Sede minha advogada junto a vosso Filho Jesus e a Ele me levai, depois deste desterro da vida, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem da Penha, mãe, rainha e padroeira nossa. Amém.

 

Rezar três Ave-Marias e a consideração do dia correspondente.

 

Orações Finais

 

Concedei a vossos servos, nós vo-lo pedimos Senhor nosso Deus, que gozemos sempre da saúde da alma e do corpo, e pela intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria sejamos libres da presente tristeza e alcancemos a eterna alegria. Por Cristo Nosso Senhor. Amém.

 

Súplica

 

Debaixo da vossa proteção nos refugiamos, ó Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita.

Senhora nossa, Medianeira nossa, Advogada nossa! Com vosso Filho reconciliai-nos; a vosso Filho recomendai-nos; a vosso Filho apresentai-nos. Amém.

 

V. Rogai por nós, Virgem da Penha.

R. Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

 

Oração

 

Ó Virgem Imaculada, Mãe de Deus e Mãe nossa, que vos dignastes abrir neste Santuário a fonte das vossas graças mais singulares, eis-me prostrado aos pés de vossa veneranda e milagrosa imagem. Suplico-vos, ó Nossa Senhora da Penha, com a mais filial confiança, livrai-nos, a mim e aos que me são caros, dos males que nos afligem, e concedei-nos os favores de que necessitamos.

Ó Mãe de Misericórdia, pela Sagrada Paixão de Vosso Divino Filho, pelas dores e angústias de vosso coração materno, tende compaixão de mim, não me deixeis sair deste vosso Santuário sem que primeiro tenhais apresentado ao vosso caro Jesus as minhas ardentes súplicas.

Abençoai-me, ó minha Mãe; espero em vós e não esperarei em vão!

 

Pai-Nosso, Ave-Maria e Gloria ao Pai.

 

Primeiro Dia

 

Considera como Frei Pedro Palácios, da Ordem dos Frades Menores de São Francisco, achava-se cheio de amor de Deus. Embora irmão leigo, pede e obtém a ditosa sorte de ser mandado pelos seus superiores a missionar nestas paragens.

 

Sai ele de Portugal com o seu coração exuberante de alegria e com um quadro de Nossa Senhora nas mãos, embarca em frágil nau e se aventura à incerteza do mar infiel para levar a luz da fé a terras desconhecidas e cheias de perigos. Mas pelo grande amor a Deus ele nada teme, a sua devoção para com a mãe dos homens o protege e guia até o venturoso porto de Vitória. Admira a caridade tão viva e uma confiança tão ilimitada deste bom servo de Deus e procura imitá-lo nas muitas virtudes que tanto o distinguiram.

 

E vós, Mãe terna, oceano de amor para com Deus e para com os homens, sede nosso amparo e fortaleza, e concedei-nos, por intercessão deste vosso Servo dedicado, que se acenda nos nossos corações uma centelha daquele fogo de caridade que abrasava o vosso servo Frei Palácios, e permiti que comecemos e prossigamos esta novena de tal modo que possamos obter um dos vossos olhares de misericórdia e ternura.

 

Segundo Dia

 

Considera como a Senhora da Penha, desejando ensinar-nos a grande virtude da humildade, não quis que seu amoroso servo Frei Pedro Palácios tivesse chegado ao termo de sua viagem encontrando aí as riquezas e as comodidades que fazem no mundo os felizes.

 

Chegando à pequena e humilde Vila do Espírito Santo, depois de fervorosa visita feita à Matriz da localidade, começou Frei Pedro Palácios a procurar um abrigo. Dirigiu-se para fora do povoado, num recanto da Vila, onde sua alma mais facilmente pudesse entreter-se com o Criador e aí deparou com uma gruta natural, formada por uma pedra, que, descansando sobre um terreno desigual, deixava no centro pequeno espaço. Ali penetrou o grande servo de Deus e tirando o painel da Virgem osculou-o afetuosamente, agradeceu o favor que lhe havia concedido proporcionando-lhe o encontro tão fácil de uma morada de acordo com os seus desejos.

 

Admiremos a grande humildade de Palácios e peçamos à Senhora da Penha que nos consiga sempre a prática dessa virtude, base de toda a nossa espiritualidade.

 

Gravai em nossos corações o desejo sincero de possuir os mesmos amorosos afetos que teve esse vosso servo para coma a virtude que mais amais e como Mãe quereis em todos os vossos filhos.

 

Terceiro Dia

 

Considera que se a beleza externa tem os seus atrativos, maiores ainda são os da beleza interna.

 

Digno imitador da Senhora, cuja beleza interior fora recantada pelo real profeta. Frei Pedro Palácios era uma dessas criaturas singulares, que, em um corpo velho e alquebrado, encerrava uma alma sempre nova e sempre bela. Para todos, o bom Irmão tinha uma palavra de conforto e de amabilidade. Apenas estabelecido em sua gruta, tratou logo de preparar ao lado dela um pequeno oratório a Nossa Senhora, sendo tal idéia aceita com imenso entusiasmo por todos.

 

Foi este o primeiro altar que teve a Senhora da Penha nestas paragens, graças à fácil correspondência que encontrou seu servo no coração de todos os habitantes.

 

Peçamos à mesma Senhora que não só enriqueça nossas almas da interior beleza das virtudes, como fez a seu abençoado filho, como também se digne usar dos nossos corações como outros tantos oratórios, em que sempre acesos se conservem o seu amor e a confiança em seu poderoso auxílio.

 

Quarto Dia

 

Considera que as variações e os sofrimentos enviados por Deus devem ser aceitos por nossas almas com a maior conformidade possível.

 

Nem aos mesmos justos isenta Deus desse sagrado dever.

 

Apesar da contínua proteção da Virgem, devia, pois, Frei Palácios pagar também este tributo. Eis o motivo por que um dia o bom religioso notou que o quadro da Virgem não se achava como sempre no seu nicho.

 

Terríveis apreensões assaltaram o seu espírito. Podemos imaginar as agruras por que passou aquele santo varão, imaginando perdido o seu único tesouro; no entanto, apesar de suas aflições e de suas dores, nem uma queixa amarga escapa de seus lábios.

 

Aprendamos deste digno filho da Senhora da Penha a conformar-nos também com a vontade de Deus, em todos os nossos sofrimentos. Em vez de ofendermos a Deus com palavras de desespero, abençoemos a mão que nos fere e procuremos sempre tirar espirituais vantagens de todas as provações.

 

Quinto Dia

 

Considera quanto esforço empregou Frei Palácios para encontrar o painel perdido.

 

Sem perder um instante, esquecendo seus anos e suas fraquezas, sobe e desce em todas as direções. Saltando de pedra em pedra, chega finalmente ao cume desta montanha, onde um grito de júbilo irrompe, espontâneo, de seu peito. Entre duas palmeiras que desafiavam a fúria dos ventos, encontra ele o seu querido painel.

 

Sempre que tivermos a infelicidade de perder, pelo pecado, a nossa boa Mãe, a Senhora da Penha, como o seu amoroso servo, não meçamos também as dificuldades.

 

Sejam quais forem os sacrifícios, façamo-los: contanto que recuperemos de novo sua valiosa proteção, verdadeiro tesouro para as nossas almas cristãs. Se grande foi a alegria de Frei Palácios, encontrando o seu painel perdido, não menor será a nossa, recuperando a graça divina e com ela o olhar amoroso de nossa boa Mãe.

 

Sexto Dia

 

Considera como Frei Palácios, percebemos por mais de um desaparecimento do painel, que era desejo da Senhora da Penha Ter uma ermida nestas alturas, sem medir dificuldades, tratou logo de levar a efeito este desejo que bem depressa foi coroado de magnífico êxito.

 

Aprendamos neste fato a consultar sempre o desejo de tão boa Mãe em todos os nossos empregos.

 

De preferência aos conselhos humanos, peçamos sempre em nossas orações a Nossa Senhora, que nos faça conhecer em tudo seu santíssimo desejo.

 

Sétimo Dia

 

Considera como, em certo dia, tendo começado Frei Palácios a fazer explorações preliminares para a construção da projetada ermida, retirando algumas pedras soltas que se achavam debaixo das palmeiras, descobriu inopinadamente um manancial suficiente para as obras. Era a Senhora da Penha que recompensava a fé de seu carinhoso servo. Confiemos nós também, sempre em tudo, na proteção da mesma Senhora, que iguais serão nossas recompensas.

 

Oitavo Dia

 

Considera como, preparada a nova ermida, não se esqueceu Frei Palácios de enriquecer o seu altar com uma venerável imagem, cuja existência tem sido uma série de prodígios e de proteções.

 

Desse trono de misericórdia volve ele o maternal olhar para os seus devotos.

 

Agradeçamos este grande favor que nos foi dispensado pela Misericórdia Divina e nunca nos esqueçamos em todas as nossas necessidades da proteção especial de Maria Santíssima.

 

Nono Dia

 

Considera como, havendo Frei Palácios cumprido sua nobre missão, mereceu a dita de morrer perto desta mesma imagem, tendo assim a certeza de que, em paga de sua fervorosa devoção, iria ao céu descansar ao lado daquela cuja efígie é venerada na terra.

 

Peçamos a Deus que nos conceda a graça de morrer também, senão aos pés da Imagem da Senhora da Penha, ao menos no seu agrado e sob sua especial proteção, para que tendo na terra contado seus prodígios, nos céus cantemos sua glória eterna.

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena de Nossa Senhora de Fátima

 

Oferecimento para todos os dias:

 

Oh!Deus meu! Eu creio, adoro, espero e vos amo.Peço-vos perdão pelos que não crêem, não adoram, não esperam e não vos amam.

Oh! Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo! Eu vos adoro profundamente e vos ofereço o preciosíssimo corpo, sangue, alma e divindade de Nosso Senhor Jesus Cristo, presente em todos os tabernáculos do mundo, em reparação dos ultrajes com que Ele é ofendido; E pelos méritos infinitos de seu Santíssimo Coração e intercessão do Imaculado Coração de Maria, vos peço a conversão dos pecadores.

 

Oração preparatória para todos os dias:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha do Céu Rosário e Mãe de misericórdia, que vos dignaste manifestar em Fátima a ternura de vosso Imaculado Coração trazendo-nos mensagens de salvação e de paz.

Confiados em vossa misericórdia maternal e agradecidos a as bondades de vosso amantíssimo coração, viemos a vossos pés para rendermos o tributo de nossa veneração e amor.

Concedei-nos as graças que necessitamos para cumprir fielmente vossa mensagem de amor, e a que vos pedimos nesta novena, se tem de ser para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja.

 

Oração final para todos os dias:

 

Oh!Deus, cujo Unigênito, com sua vida, morte e ressurreição, nos mereceu o prêmio da salvação eterna!

Vos suplicamos nos concedas que, meditando os mistérios do santíssimo rosário da bem-aventurada Virgem Maria, imitemos os exemplos que nos ensinam e alcancemos o premio que prometem.

Pelo mesmo Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

 

Começar todos os dias com o oferecimento e a oração preparatória para todos os dias:

 

Primeiro Dia - Penitência e reparação

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe dos pobres pecadores!, Que aparecendo em Fátima, deixaste transparecer em vosso rosto celestial uma leve sombra de tristeza para indicar a dor que vos causam os pecados dos homens e que com maternal compaixão exortaste a não afligir mais a vosso Filho com a culpa e a reparar os pecados com a mortificação e a penitência.

Dá-nos a graça de uma sincera dor dos pecados cometidos e a resolução generosa de reparar com obras de penitência e mortificação todas as ofensas que se inferem a vosso Divino Filho e a vosso Coração imaculado.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Segundo Dia - Santidade de vida

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe da divina graça, que vestida de nívea brancura vos apareceste a uns pastorzinhos singelos e inocentes, ensinando-os assim quanto devemos amar e procurar a inocência da alma, e que pediste por meio deles a emenda dos costumes e a santidade de uma vida cristã perfeita.

Concedei-nos misericordiosamente a graça de saber apreciar a dignidade de nossa condição de cristãos e de levar uma vida em tudo de acordo as promessas batismais.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Terceiro Dia - Amor à oração

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, vaso insigne de devoção!, Que vos apareceste em Fátima tendo pendente de vossas mãos o santo rosário, e que insistentemente repetias: "Orai, orai muito", para afastar por meio da Oração os males que nos cercam.

Concedei-nos o dom e o espírito de oração, a graça de ser fiéis no comprimento do grande preceito de orar, fazendo-o todos os dias, para assim poder observar bem os santos mandamentos, vencer as tentações e chegar ao conhecimento e amor de Jesus Cristo nesta vida e a união feliz com Ele na outra.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Quarto Dia - Amor a Igreja

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha da Igreja!, Que exortaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar pelo Papa, e infundiste em suas almas singelas uma grande veneração e amor a ele, como Vigário de vosso Filho e seu representante na terra.

Infunde também a nós o espírito de veneração e docilidade ante a autoridade do Romano Pontífice, de adesão inquebrantável a seus ensinamentos, e nele e com ele um grande amor e respeito a todos os ministros da santa Igreja, por meio dos quais participamos a vida da graça nos sacramentos.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Quinto Dia - Maria, Saúde dos enfermos

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Saúde dos enfermos e consoladora dos aflitos!, Que movida pelo rogo dos pastorzinhos, fizestes curas em vossas aparições em Fátima, e haveis convertido este lugar, santificado por vossa presença, em oficina de vossas misericórdias maternais em favor de todos os aflitos.

A vosso Coração maternal acudimos cheios de filial confiança, mostrando as enfermidades de nossas almas e as aflições e dolências todas de nossa vida.

Deixai sobre elas uma olhada de compaixão e que possas remedia-las com a ternura de vossas mãos, para que assim possamos servir-vos e amar-vos com todo nosso Coração e com todo nosso ser.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Sexto Dia - Maria, refúgio dos pecadores

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, refúgio dos pecadores!, Que ensinaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar incessantemente ao Senhor para que esses desgraçados não caíam nas penas eternas do inferno, e que manifestaste a um dos três que os pecados da carne são os que mais almas arrastam a aquelas terríveis chamas.

Infunde em nossas almas um grande horror ao pecado e o temor santo da justiça divina, e ao mesmo tempo despertai nelas a compaixão pela sorte dos pobres pecadores e um santo zelo para trabalhar com nossas orações, exemplos e palavras por sua conversão.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Sétimo Dia - Maria, alívio das almas do purgatório

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Rainha do Céu e do purgatório!, Que ensinaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar a Deus por as almas do purgatório, especialmente pelas mais abandonadas.

Encomendamos a inesgotável ternura de vosso maternal coração todas as almas que padecem naquele lugar de purificação, em particular as de todos nossos amigos e familiares e as mais abandonadas e necessitadas; Aliviais suas penas e levai-as a região da luz e da paz, para cantar ali perpetuamente vossas misericórdias.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Oitavo Dia - Maria, Rainha do rosário

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, que em vossa última aparição vos deste a conhecer como a Rainha do Céu Santíssimo Rosário, e em todas elas recomendaste a reza desta devoção como o remédio mais seguro e eficaz para todos os males e calamidades que nos afligem, tanto da alma como do corpo.

Infunde em nossas almas uma profunda estima dos mistérios de nossa Redenção que se comemoram na reza do rosário, para assim viver sempre de seus frutos.

Concedei-nos a graça de ser sempre fiéis a prática de reza-lo diariamente para honrarmos a Vós, acompanhando vossas alegrias, dores e glórias, e assim merecer vossa maternal proteção e assistência em todos os momentos da vida, mas especialmente na hora da morte.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

Nono Dia - O Imaculado Coração de Maria

 

Oração deste dia:

 

Oh!Santíssima Virgem Maria, Mãe nossa dulcíssima!, Que escolheste aos pastorzinhos de Fátima para mostrar ao mundo as ternuras de vosso Coração misericordioso, e lhes colocaste a devoção ao mesmo como o meio com o qual Deus quer dar a paz ao mundo, como o caminho para levar as almas a Deus, e como uma prenda suprema de salvação.

Fazei, oh! Coração da mais terna das mães!, Que possamos compreender vossa mensagem de amor e de misericórdia, que a abracemos com filial adesão e que a pratiquemos sempre com fervor; E assim seja vosso Coração nosso refúgio, nossa alegria e o caminho que nos conduza ao amor e a união com vosso Filho Jesus.

 

Meditar e rezar a oração final para todos os dias:

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena em Honra à Virgem Maria

 

Orações para todos os dias.

 

Oração de São Bernardo para começar todos os dias.

 

Confiantes, Oh! piedosíssima Virgem Maria, que jamais se tem ouvido dizer que um somente de quantos tem acudido a vossa proteção e implorado vosso socorro, tem já sido desamparado. Eu, pecador, animado com tal confiança, acudo a vós Oh! Mãe, Virgem das Virgens: a vós venho, diante de vos me apresento gemendo. Não queirais, Oh! Mãe do Verbo, desprezar minhas palavras; antes bem, ouvi-las benignamente e atendei-las. Amém.

 

Oração final para todos os dias.

 

Oh! Santíssima Senhora, excelentíssima Mãe de Deus e piedosíssima Mãe dos homens! Depois de Deus, Vós sois a única esperança dos pecadores e a maior confiança dos justos. A Igreja vos chama vida, doçura e esperança nossa, e todos os povos colocam em Vós seus olhos, esperando de Vós todas as graças.

 

Nós também, doce Advogada, acudimos a Vós nestes dias, insistindo para que nos ouças e concedas as graças que vos pedimos. Dai-nos, em primeiro lugar, um amor sincero a teu divino Filho, observando sua santa lei cristã; Alcançai-nos também a saúde do corpo e a serenidade do espírito, a paz na família e a suficiência para a vida; Concedei-nos, em fim, uma santa morte na santa Igreja Católica.

 

Oh! Virgem, que superas toda adoração! Todo o que Vós queiras, o podes ante Deus, de quem sois Mãe; e, mesmo que sendo pecadores, Vós sois doce Mãe do Redentor e doce Mãe nossa, e podes pedir por teus filhos pequenos e pecadores ante teu Filho altíssimo e redentor; A teu nome se abrem as portas do céu; em tuas mãos estão todos os tesouros da divina misericórdia; Ouvi-nos, Oh! plácida Virgem e Mãe, e, se nos convém, concedei-nos as graças que vos pedimos nesta novena.

 

Fazer o pedido da graça.

 

Santa Maria, socorrei aos desgraçados, ajudai aos fracos, reanima aos que choram, orai pelo povo, intervém pelo clero, intercedei pelas mulheres consagradas, sintam teu auxílio todos os que celebram tua santa festividade.

 

Rogai por nós, Santa Mãe de Deus. Para que sejamos dignos de alcançar as promessas de Jesus Cristo.

 

Oração.


Concedei-nos, por favor, Senhor Deus, que nós, teus servos, tenhamos continua saúde de alma e corpo e, pela gloriosa intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria, sejamos livres das tristezas da vida presente e desfrutemos das alegrias da vida eterna.
Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

 

Primeiro Dia

 

Oração de Santo Tomás de Aquino

 

Concedei-me, Oh! Rainha do Céu, que nunca se aparte  meu coração o temor e o amor de teu Filho Santíssimo; Que por tantos benefícios recebidos, não por meus méritos, senão pela largueza de sua piedade, não cesse de adorar-lhe com humildes ações de graças; Que as inumeráveis culpas cometidas transformem-se em uma leal e sincera confissão e um firmíssimo e doloroso arrependimento, e, finalmente, que logre merecer sua graça e sua misericórdia.

Suplico também, Oh! porta do céu e Advogada dos pecadores, não consintas que jamais se aparte, nem desvie este servo de sua fé, mas particularmente que na hora final me mantenha com ela abrasado; Se o inimigo esforçar suas astúcias, não me abandone tua misericórdia e tua grande piedade.

Pela confiança que tenho em Vós depositada, alcançai-me de teu santíssimo Filho o perdão de todos os meus pecados e que viva e morra nas delícias de teu Santo amor.

 

Segundo Dia

 

Oração de Santo Atanásio de Alexandria.

 

Próprio é de vós, Senhora, que sendo vós, ao mesmo tempo que escrava do Senhor, Mãe de Deus, Rainha e Senhora, pois Deus quis também ser Filho vosso, não apartes de nós vossa memória, principalmente na hora de apresentar-nos ante o soberano e inexorável Juiz, que, se a nós nos infunde pavor, é para contigo sobremaneira amável e vos outorga quantas graças lhe pedes, pois sois chamada cheia de graça e de alegria por ter sobrevindo em Vós o Espírito Santo.

Por isto, os mais favorecidos em justiça e santidade, clamam a Vós e invocam tua proteção.

Não nos feches as portas de teu peito, e deixai que flua sobre nós o mar de graças que encerra.

 

Terceiro Dia

 

Oração de São Anselmo.

 

Não são possíveis de contar, Rainha Clementíssima, os que, tendo invocado teu nome, tem conseguido a eterna salvação; E queres que, invocando-vos eu, seja desiludido em minhas esperanças?

Talvez não ouves meus clamores em razão de minha grande maldade; Mas, assim mesmo, não deixarei de chamar-vos e de dizer vos com toda a alma: pois sois tão nobre e benigna de condição, dai ouvidos a quem humildemente chama a tuas portas e não desatendas em suas esperanças, nem abandones em sua tribulação, nem deixes sem uma palavra de perdão em meio de seu pecado.

Sanai com tuas celestiais medicinas as profundas feridas em minha alma abertas, desatai-me dos carnais laços que me aprisionam na terra e abrigam-me com o esplêndido manto de tua glória. Amém.

 

Quarto Dia

 

Oração antiga de autor anônimo.

 

Vem, Oh! gloriosa Rainha Maria; vem e visitai-nos; ilumina nossas almas doentes e dai-nos o viver santamente.

Vem, saúde do mundo, a lavar tantas manchas que nos afetam, a dissipar tantas trevas que nos envolvem.

Vem, Senhora dos povos, e apaga estas chamas de concupiscência que nos abrasam, dai-nos o manto de tua pureza e sinaliza o seguro caminho que nos tende levar ao porto.

Vem a visitar aos enfermos, a fortalecer aos fracos, a dar firmeza aos que flutuam entre mares de dúvidas.

Vem, estrela, luz dos mares, e dai-nos paz, alegria e devoção.

Vem, Oh! cetro de Reis, poderio das nações, e voltai ao seio da fé, ao amor e vida de sua unidade, os pobres extraviados que não conhecem o que convém a sua saúde.

Vem, trazei em tuas mãos os dons de teu casto, eterno esposo, o Espírito Santo, para que vivamos por sua luz e calor, e sejam nosso seus frutos eternos que nos fazem merecer entrar na unidade da vida bem aventurada. Amém.

 

Quinto Dia

 

Oração de São Sofronio.

 

Amansa, Oh! piedosa Mãe, as ondas de tristeza e de fraqueza que combatem meu coração; Apaga as chamas inimigas que me cercam; Desvia os dardos que mãos cruéis vem disparando contra minha alma, ameaçando atravessa-la e envenena-la e dar a ela a morte.

Oh! alegria bem aventurada, Oh! paz, Oh! serenidade dos que vos invocam, Oh! escudo e fortaleza de teus fiéis servidores, vem e estende tua mão sobre as chagas recebei-as, e sobre as angústias que me atormentam dai suavidade e paz a mim.

Entendimento, para que minha língua engrandeça sempre a alteza da mercê que recebei.

Devolvei-nos em chuvas de graças as adorações que vos dirigimos; abri esse manancial de graças que por nós quis encerrar-se em Vós e não vivamos já entre noites, incertezas e temores; A Vós seremos devedores de mercês que jamais lábios humanos poderão agradecer nem pensar. Amém.

 

Sexto Dia

 

Oração de Santo Ildefonso.

 

Oh! clementíssima Virgem, que com mão piedosa repartes vida aos mortos, saúde aos enfermos, luz aos cegos, sol aos desesperados e esperança aos que choram .

Saca dos tesouros de tua misericórdia refrigério para minha alma quebrantada, alegria para meu entendimento e chamas de caridade para meu duríssimo peito.

Sede vida e saúde de minha alma, doçura e paz de meu coração e suavidade e regozijo de meu espírito.

Vós sois estrela claríssima do mar, Mãe cheia de compaixão, endereçai meus passos, defendei-me dos de inimigos, até aquela final hora, assistido de teu auxílio, enriquecido com tua graça, vencidas as inimizades do infernal dragão, saia deste mundo para as eternas e seguras alegrias da vida bem-aventurada. Amém.

 

Sétimo Dia

 

Oração de São João Damasceno.

 

Nada está no céu mais perto da Divindade que Vós, que tens assento sobre o trono dos querubins e sobre todos os exércitos dos Serafins, e por isto não é possível que tua intercessão sofra repulsa, nem que sejam desatendidos teus rogos.

Não nos falte teu auxílio enquanto vivemos neste mundo perene;
Dai-nos tua mão, para que, fazendo as obras de saúde e fugindo dos caminhos do mal, demos seguro passo a eternidade.

Por Vós esperamos que, ao cerrar este desterro aos olhos da carne, se abrirão os da alma para ficar naquele lugar de soberana formosura, de suavíssimos deleites, pelo qual ansiosamente suspiram as almas regeneradas e que nos anunciou Cristo Senhor Nosso, fazendo-nos ricos e salvos.

Por ti, Senhora, rendemos glória e adoração, com o Pai e o Espírito Santo, agora e sempre pelos séculos dos séculos. Amém.

 

Oitavo Dia

 

Oração de Santo Efrém de Síria.

 

Oh! Virgem puríssima, Mãe de Deus, rainha de toda a criação, levantada sobre todos os anjos do céu e mais resplandecente e pura que os raios do sol:
Vós sois mais gloriosa que os querubins, mais santa que os Serafins e sem comparação mais sublime que todos os exércitos do céu.

Vós sois a esperança dos patriarcas, a glória dos profetas, a adoração dos Apóstolos, honra dos mártires, alegria dos Santos, ornamento das sagradas hierarquias, Coroa das virgens, inacessível por tua imensa claridade, princesa e guia de todos e donzela sacratíssima; Por Vós somos reconciliados com Cristo nosso Senhor.

Guardai-me de baixo de teu manto; e apiedai-vos de mim, que estou sujo com minhas paixões e manchado com os inumeráveis males que tenho cometido contra meu Juiz e Criador.

Não tenho outra confiança senão em ti, que sois a ancora de minha esperança, o porto de minha saúde e socorro oportuno na tribulação.

 

Nono Dia

 

Oração de São Germano.

 

Ninguém se salva senão por ti, Oh! Virgem Santíssima.

Ninguém se livra de males senão por ti, Oh! Virgem puríssima.

Ninguém recebe graças de Deus senão por ti, Oh! Virgem castíssima.

Ninguém obtém misericórdia senão por ti, Oh! Virgem venerabilíssima. Quem, depois de teu bendito Filho, tem tanto cuidado da linhagem humana como Vós ?

Quem assim nos defende em nossas tribulações ?

Quem tão pronto nos socorre e nos livra das tentações que nos acossam e perseguem?

Quem, com seus piedosos rogos, intercedei pelos pecadores e os livra das penas que por seus pecados merecem?

Por isto recorremos a ti, Oh! puríssima e digníssima de toda adoração e de todo obsequio.

Tens que, por meio de tuas orações, que tanto podem com o Senhor, as coisas eclesiásticas sejam bem governadas e Vós mesma as conduzas a porto seguro.

Vestes ricamente aos sacerdotes de justiça e da glória da fé provada, Imaculada e sincera.

Dirige prósperos e tranqüilos os cetros dos soberanos cristãos.

Sede, em tempo de guerra, a proteção do exército, que sempre milita abaixo teu amparo, e confirma ao povo para que, conforme Deus o tem mandado, persevere no obsequio suave da obediência.

Sede o muro inexpugnável deste povo que vos tem a Vós como a torre de Refúgio e cimento que o sustenta.

Preserva a habitação de Deus e o decoro do templo de todo mal; livra a quantos vos amam, dai redenção aos cativos e sé Refúgio para o peregrino e esperança para o desamparado.

Estende, por fim, a todo o mundo tua mão auxiliadora, para que, assim como celebramos com alegria esta festividade, celebremos também todas as de mais que vos dedicamos, em Cristo Jesus, Rei de todas as coisas e verdadeiro Deus nosso; a quem seja a glória e a fortaleza, junto com o Pai Eterno, que é princípio da vida, e com o Espírito co-eterno, consubstancial, e que reina com os dos, agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena à Imaculada Conceição II

 

Oração para todos os dias

 

Deus vos salve, Maria, cheia de graça e bendita mais que todas as mulheres, Virgem singular, Virgem soberana e perfeita, eleita por Mãe de Deus e preservada por Ele de toda culpa desde o primeiro instante de sua Concepção:
Assim como por Eva nos veio a morte, assim nos vem a vida por ti, que pela graça de Deus tens sido eleita para ser Mãe do novo povo que Jesus Cristo tem formado com seu Sangue.

A ti, puríssima Mãe, restauradora da caída linhagem de Adão e Eva, viemos confiantes e suplicantes nesta novena, para rogar que nos concedas a graça de sermos verdadeiros filhos teus e de teu Filho Jesus Cristo, livres de toda mancha de pecado.

Confiantes, Virgem Santíssima, que haveis sido feita Mãe de Deus, não somente para vossa dignidade e glória, senão também para salvação nossa e proveito de todo o gênero humano.

Confiantes que jamais se tem ouvido dizer que um somente de quantos tem acudido a vossa proteção e implorado vosso socorro, tem já sido desamparado.
Não me deixeis, pois, a mim tampouco, porque se me deixais me perderei;
Que eu tampouco quero deixar a vos, antes bem, cada dia quero crescer mais em vossa verdadeira devoção.

Alcançai-me principalmente estas três graças:

 

A primeira, não cometer jamais pecado mortal;
A segunda, um grande apreço da virtude cristã,
A terceira, uma boa morte.


Além disso, dai-me a graça particular que vos peço nesta novena
Fazer aqui o pedido que se deseja obter.


Rezar a oração do dia correspondente: Primeiro dia, Segundo dia...

 

 

Orações finais

 

Bendita seja tua pureza e eternamente o seja, pois todo um Deus se recreia em tão graciosa beleza. A ti, celestial Princesa, Virgem Sagrada Maria, vos ofereço neste dia alma, vida e coração. Olhai-me com compaixão, não me deixes, Mãe minha. Ave-Maria (3 vezes)...

 

Tua Imaculada Concepção, Oh! Virgem Mãe de Deus, anunciou alegria ao universo inteiro.

 

Oração: Oh! Deus meu, que pela Imaculada Concepção da Virgem, preparaste digna habitação a teu Filho: Vos rogamos que, assim como pela previsão da morte de teu Filho livrai-vos por Ela de toda mancha, e assim a nós nos concedas por sua intercessão chegar a Vós limpos de pecado. Por nosso Senhor Jesus Cristo Vosso Filho na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

 

Primeiro Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como preservaste a Maria do pecado original em sua Imaculada Concepção, e a nós nos fizeste o grande beneficio de livramos dele por meio de teu Santo batismo, assim vos rogamos humildemente nos concedas a graça de nos portarmos sempre como bons cristãos, regenerados em ti, Nosso Pai Altíssimo.

 

Segundo Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como preservaste a Maria de todo pecado mortal em toda sua vida e a nós nos dais graça para evita-lo e o Sacramento da confissão para remedia-lo, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos concedas a graça de não cometer nunca pecado mortal, e se acontecer tão terrível desgraça, a de sair dele quanto antes por meio de uma boa confissão.

 

Terceiro Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como preservaste a Maria de todo pecado venial em toda sua vida, e a nós nos pedes que purifiquemos mais e mais nossas almas para sermos dignos de ti, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos concedas a graça de evitar os pecados veniais e a de procurar e obter cada dia mais pureza e delicadeza de consciência.

 

Quarto Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como livrais a Maria da inclinação ao pecado e lhe destes domínio perfeito sobre todas suas paixões, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de Maria Imaculada, nos concedas a graça de ir domando nossas paixões e destruindo nossas más inclinações, para que vos possamos servir, com verdadeira liberdade de espírito, sem imperfeição nenhuma.

 

Quinto Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como, desde o primeiro instante de sua Concepção, destes a Maria mais graça que a todos os Santos e anjos do céu, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos inspires um apreço singular da divina graça que Vós nos adquiriste com teu sangue, e nos concedas o aumentar mais e mais com nossas boas obras e com a recepção de teus Santos Sacramentos, especialmente o da Comunhão.

 

Sexto Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como, desde o primeiro momento, destes a Maria, com toda plenitude, as virtudes sobrenaturais e os dons do Espírito Santo, assim vos suplicamos humildemente, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos concedas a nós a abundancia destes mesmos dons e virtudes, para que possamos vencer todas as tentações e tenhamos muitos atos de virtude dignos de nossa profissão de cristãos.

 

Sétimo Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como destes a Maria, entre as demais virtudes, uma pureza e castidade eximia, pela qual é chamada Virgem das virgens, assim vos suplicamos, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos concedas a dificilíssima virtude da castidade, que tantos tem conservado mediante a devoção da Virgem e tua proteção.

 

Oitavo Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como destes a Maria a graça de uma ardentíssima caridade e amor de Deus sobre todas as coisas, assim vos rogamos humildemente, por intercessão de tua Mãe Imaculada, nos concedas um amor sincero de ti, Oh! Deus Senhor nosso!

Nosso verdadeiro bem, nosso bem feitor, nosso Pai, e que antes queiramos perder todas as coisas que ofender-Vos com um somente pecado.

 

Nono Dia

 

Oh! Santíssimo Filho de Maria Imaculada e benigníssimo Redentor nosso:

Assim como tens concedido a Maria a graça de ir ao céu e de ser nele colocada no primeiro lugar depois de Vós, vos suplicamos humildemente, por intercessão de Maria Imaculada, nos concedas uma boa morte, que recebamos bem os últimos sacramentos, que expiremos sem mancha nenhuma de pecado na consciência e vamos ao céu, para sempre aproveitar, em tua companhia e a de nossa Mãe, com todos os que se tem salvado por ela.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena da Imaculada Conceição de Nossa Senhora

 

Primeiro Dia

 

Oh! Maria puríssima, cuja pureza intemerata foi já outrora figurada naquela misteriosa sarça, que rodeada de chamas permanecia ilesa, por piedade extingui em nós o fogo da maldita concupiscência, pela qual muitas almas vão arder miseravelmente nas chamas do Inferno.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Segundo Dia

 

Oh! ditosíssima Maria, que qual mística arca do dilúvio universal do mundo, só e sem igual fostes preservada do naufrágio, eia!, salvai-nos de tantos vícios e pecados que inundam as plagas do Cristianismo.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Terceiro Dia

 

Oh! Maria, pomba candidíssima, que erguestes o vôo com as vossas brancas penas, sem jamais pousar sobre as imundícies que cobriam a face da Terra; fazei que de vós aprendamos a não nos deixar seduzir pelos bens falazes desta vida.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Quarto Dia

 

Oh! Maria graciosíssima, que estando sempre junto à fonte da graça, fostes qual palmeira sempre florida e verdejante e sempre carregada de frutos, fazei que também para nós estejam sempre abertas as fontes da divina graça, afim de que possamos produzir dignos frutos de penitência.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Quinto Dia

 

Oh! Maria amabilíssima, que fostes aquele jardim fechado e aquele paraíso de delícias, onde nem sequer por um instante pôde entrar a insidiosa serpente, fazei com que em nosso coração jamais tenha entrada o inimigo das nossas almas.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Sexto Dia

 

Oh! Maria, que como aurora esplendidíssima despontastes no horizonte desta vida, sem nenhuma névoa que ofuscasse, por pouco que fosse, vosso límpido brilho, ah!, não permitais que nossa alma jamais descanse nas trevas e na sombra da morte.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Sétimo Dia

 

Oh! Maria dulcíssima, que qual videira fecunda, desde o vosso primeiro florescer, espargistes fragrância tão suave que manteve sempre longe todo hálito impuro, ah!, concedei-nos que jamais o nosso coração se contamine pelo hálito pestilencial da impureza.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Oitavo Dia

 

Oh! Maria, lírio dos vales, lírio nascido entre espinhos sem sofrer sua picada ou a mais leve mancha ao vosso candor, ah!, concedei-nos o dom da pureza, à qual é prometida a visão de Deus.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Nono Dia

 

Oh! Maria, Virgem sempre amável e por Deus sempre amada, íris formoso de paz, templo augusto, consagrado desde o primeiro instante pela real presença do Espírito Santo e com a plenitude de todos os Seus dons, eia, alcançai-nos vivermos de tal modo que mereçamos um dia ver-vos no Templo celeste da glória.

Ave-Maria e Glória ao Pai

 

Rogai por nós Santa Mãe de Deus

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Natividade de Nossa Senhora

 

Oração inicial para todos os dias

 

Oh! Maria Santíssima! eleita e destinada ao eterno pela augustíssima Trindade para Mãe do unigênito Filho do Pai, anunciada pelos Profetas, esperada dos Patriarcas, e desejada de todas as gentes; Sacrário e templo vivo do Espírito Santo, sol sem mancha, porque fosteis concebida sem pecado original, Senhora do céu e da terra, Rainha do Céus e dos anjos; Nós humildemente prostrados vos veneramos, e nos alegramos da solene comemoração anual de vosso felicíssimo Nascimento; E do mais íntimo de nosso coração vos suplicamos que vos digneis benigna vir a nascer espirivossalmente em nossas almas, para que cativadas estas por vossa amabilidade e doçura, vivam sempre unidas a vosso dulcíssimo e amabilíssimo coração.

Agora com nove distintas saudações contemplaremos os nove meses que estivesteis encerrada no seio materno; Dizendo-vos que oriunda da Real linhagem de David, saístes com grande honra a luz das entranhas de santa Ana vossa afortunadíssima mãe.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! Menina celestial, paloma candidíssima de pureza, que a despeito do infernal dragão fosteis concebida sem pecado original.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! Aurora brilhantísisima, que como precursora do Sol de justiça, trouxesteis a primeira luz ao mundo.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! eleita, que, qual sol sem mancha alguma, despontasteis na noite mais tenebrosa do pecado.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! belíssima Lua, que iluminasteis ao mundo envolto nas mais densas trevas do gentilismo.

Ave-Maria

 

Vos saudamos como a esforçada amazona, que sozinha, a maneira de um numeroso exército, colocasteis em fuga a todo o inferno.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! formosa alma de Maria, a quem Deus possuiu desde a eternidade.

Ave-Maria

 

Vos saudamos, oh! amada Menina, e veneramos vosso santíssimo corpinho, vossas sagradas roupinhas em que fosteis envolta, e a sagrada cama em que estivesteis acostada, e bendezemos a hora e momento em que nascesteis.

Ave-Maria

 

Vos saudamos finalmente, oh! amada Menina, que adornada de todas as virtudes em grau imensamente mais elevado que os outros Santos, e que, feita digna Mãe do Salvador, e havendo concebido por virtude do Espírito Santo, destes a luz ao Verbo encarnado.

Ave-Maria

 

Oração final para todos os dias:.

 

Oh! graciosíssima Menina! que com vosso feliz nascimento haveis consolado ao mundo, alegrado ao céu e aterrado ao inferno; haveis dado ajuda aos caídos, alegria aos tristes, saúde aos enfermos e alegria a todos; Vos suplicamos com os mais fervorosos afetos que renasçais espirivossalmente com vosso santo amor em nossas almas; Renovai nosso espírito para que vos sirvamos, acendei de novo nosso coração para que vos amemos; E fazei florecer em nós aquelas virtudes com as que possamos fazer-nos sempre mas agradáveis a vossos benigníssimos olhos.

Oh! Maria ! Sede para nós Maria, fazendo-nos experimentar os maravilhosos afetos de vosso suavíssimo Nome; Sirva-nos a invocação deste Nome de alívio nos trabalhos, de esperança nos perigos, de escudo nas tentações, de alento na morte.

Seja o Nome de Maria como a mel na boca, a melodia nos ouvidos, e o júbilo no coração. assim seja.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora

 

Oração Preparatória

 

Oh! Santíssima Virgem Maria, Rainha do Rosário e Mãe de misericórdia, que vos dignaste manifestar em Fátima a ternura de vosso Imaculado Coração trazendo-nos mensagens de salvação e de paz.

Confiados em vossa misericórdia maternal e agradecidos a as bondades de vosso amantíssimo coração, viemos a vossos pés para render-vos o tributo de nossa veneração e amor.

Concedei-nos as graças que necessitamos para cumprir fielmente vosso mensagem de amor, e a que vos pedimos nesta Novena, se tende ser para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja.

 

Oração Final

 

Oh! Deus, cujo unigênito, com sua vida, morte e ressurreição, nos mereceu o prêmio da salvação eterna!

Vos suplicamos nos concedas que, meditando os mistérios do Santíssimo Rosário da bem aventurada Virgem Maria, imitemos os exemplos que nos ensinam e alcancemos o premio que prometem.

Pelo mesmo Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

 

Primeiro Dia

 

Penitência e reparação

Oh! Santíssima Virgem Maria, Mãe dos pobres pecadores!

Que aparecendo em Fátima, deixastes transparecer em vosso rosto celestial uma leve sombra de tristeza para indicar o dor que os causam os pecados dos homens e que com maternal compaixão exortastes a no afligir mais a vosso Filho com a culpa e a reparar os pecados com a mortificação e a penitência.

Dai-nos a graça de uma sincero dor dos pecados cometidos e a resolução generosa de reparar com obras de penitência e mortificação todas as ofensas que se inferem a vosso Divino Filho e a vosso Coração Imaculado.

 

Segundo Dia

 

Santidade de vida

Oh! Santíssima Virgem Maria, Mãe da divina graça, que vestida de nívea brancura vos aparecestes a uns Pastorzinhos singelos e inocentes, ensinando-os assim quanto devemos amar e procurar a inocência do alma, e que pediste por meio de eles a emenda das costumes e a santidade e de uma vida cristã perfeita.

Concedei-nos misericordiosamente a graça de saber apreciar a dignidade de nossa condição de cristãos e de levar uma vida em todo conforme a as promessas batismais.

 

Terceiro Dia

 

Amor à oração

Oh! Santíssima Virgem Maria, vaso insigne de devoção!,

Que aparecestes em Fátima tendo pendente de vossas mãos o Santo Rosário, e que insistentemente repetias: "Orai, Orai muito", para conseguir findar por meio da oração os males que nos ameaçam.

Concedei-nos o dom e o Espírito de oração, a graça de ser fiéis no cumprimento do grande preceito de orar, fazendo todos os dias, para assim poder observar bem os Santos mandamentos, vencer as tentações e chegar ao conhecimento e amor de Jesus Cristo nesta vida e a união feliz com Ele na outra.

 

Quarto Dia

 

Amor a Igreja

Oh! Santíssima Virgem Maria, reina da Igreja!

Que exortaste aos Pastorzinhos de Fátima a rogar pelo Papa, e infundiste em suas almas sinceras uma grande veneração e amor por ele, como Vigário de vosso Filho e seu representante na terra.

Infunde também a nós o espírito de veneração e docilidade a autoridade do Romano Pontífice, de adesão inquebrantável a seus ensinamentos, e em Ele e com Ele um grande amor e respeito a todos os ministros da santa Igreja, por meio dos quais participamos a vida da graça nos sacramentos.

 

Quinto Dia

 

Maria, saúde dos enfermos

Oh! Santíssima Virgem Maria, saúde dos enfermos e amparo dos aflitos! que movida pelo rogo dos pastorzinhos, fizeste já curas em vossas aparições em Fátima, e haveis convertido este lugar, santificado por vossa presença, em oficina de vossas misericórdias maternais em favor de todos os aflitos .

A vosso Coração maternal acudimos cheios de filial confiança, mostrando as enfermidades de nossas almas e as aflições e doenças todas de nossa vida.

Deixai sobre elas um olhar de compaixão e remedia-las com a ternura de vossas mãos, para que assim possamos servir-vos e amar-vos com todo nosso Coração e com todo nosso ser.

 

Sexto Dia

 

Maria, Refúgio dos pecadores

Oh! Santíssima Virgem Maria, Refúgio dos pecadores!,

Que ensinaste aos pastorzinhos de Fátima a rogar incessantemente ao Senhor para que esses desgraçados não caiam nas penas eternas do inferno, e que manifestaste a um dos três que os pecados da carne são os que mais almas arrastam a aquelas terríveis chamas.

Colocai em nossas almas um grande horror ao pecado e o temor Santo da justiça divina, e ao mesmo tempo despertai em elas a compaixão pela sorte dos pobres pecadores e um Santo zelo para trabalhar com nossas orações, exemplos e palavras por sua conversão.

 

Sétimo Dia

 

Maria, alívio das almas do Purgatório

Oh! Santíssima Virgem Maria, rainha do Purgatório! Que ensinaste aos Pastorzinhos de Fátima a rogar a Deus pelas almas do Purgatório, especialmente pelas mais abandonadas.

Encomendamos a inesgotável ternura de vosso maternal Coração todas as almas que padecem naquele lugar de purificação, em particular as de todos nossos achegados e familiares e as mais abandonadas e necessitadas; aliviais suas penas e leva-las pronto a região da luz e da paz, para cantar ali perpetuamente vossas misericórdias.

 

Oitavo Dia

 

Maria, Rainha do Rosário

Oh! Santíssima Virgem Maria!, que em vossa última aparição vos diste a conhecer como a rainha do Santíssimo Rosário, e em todas elas recomendaste o rezo desta devoção como o remédio mais seguro e eficaz para todos os males e calamidades que nos afligem, tanto do alma como do corpo, assim públicas como privadas.

Colocai em nossas almas uma profunda estima dos mistérios de nossa Redenção que se comemoram no rezo do Rosário, para assim viver sempre de seus frutos.

Concedei-nos a graça de ser sempre fiéis a prática de reza-lo diariamente para honrar a Vos, acompanhando vossos alegrias, dores e glórias, e assim merecer vossa maternal proteção e assistência em todos os momentos da vida, mas especialmente na hora da morte.

 

Nono Dia

 

Imaculado Coração de Maria

Oh! Santíssima Virgem Maria, Mãe nossa dulcíssima!,

Que escolhestes aos Pastorzinhos de Fátima para mostrar ao mundo as ternuras de vosso Coração misericordioso, e lhes propusestes a devoção ao mesmo como o meio com o qual Deus quer dar a paz ao mundo, como o caminho para levar as almas a Deus, e como uma prenda suprema de salvação.

Fazei, Oh! Coração da mais terna das Mães!, que possamos compreender vosso mensagem de amor e de misericórdia, que o abracemos com filial adesão e que o pratiquemos sempre com fervor; E assim seja vosso Coração nosso Refúgio, nosso esperança e o caminho que nos conduza ao amor e a união com vosso Filho Jesus.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena de Nossa Senhora dos Aflitos

 

Oração:

 

Consoladora de todos os aflitos, Maria Santíssima, mãe amorosíssima, contemplai piedosamente as pobres almas aflitas! Com vossa poderosa mediação, intercedei por elas junto ao trono da divina misericórdia!

Por elas, para que sejam libertadas de suas duras penas e dores atrozes, oferecei ao misericordioso Deus: a vida, a paixão, a morte e o preciosíssimo Sangue de Jesus; os sacrifícios, as comunhões, as orações, as esmolas e as boas obras de todos os vivos!

Fazei com que sejam justificadas junto à divina Justiça, e cada vez mais lembradas e sufragadas por todos os homens. Assim. seja.

 

Primeiro Dia

 

Senhora dos Aflitos, encheu-se o vosso coração de amargura ao vos ser negada hospedagem em Belém.

Acolhei em vosso cálido coração, os aflitos que padecem no desamparo!

 

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Segundo Dia

 

Mãe dos Aflitos, acolhestes em vossos amorosos braços e salvastes Jesus Menino do criminoso rei Herodes. Salvai em vosso regaço maternal os aflitos que padecem perseguição!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Terceiro Dia

 

Protetora dos Aflitos, o vosso amoroso coração foi transpassado por uma espada de dor pela profecia de Simeão. Imprimí fé profunda nos aflitos, feridos pelas atrocidades da vida!

Ave-Maria, Pai Nosso.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Quarto Dia

 

Amparo dos Aflitos, vosso amável coração não descansou sem encontrar Jesus Menino, perdido no templo.

Socorrei os pobres aflitos, perdidos nas trevas do mal!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Quinto Dia

 

Alegria dos Aflitos, contristou-se vosso maternal coração na despedida de Jesus, partindo para a vida pública.

Assisti com vosso amor materno, os infelizes Aflitos que sofrem a dor da separação!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Sexto Dia

 

Alívio dos Aflitos, a prisão de Jesus, abalou em angustias o vosso terno coração de Mãe.

Salvai dos grilhões do mal, as pobres almas aflitas!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Sétimo Dia

 

Socorro dos Aflitos, no encontro com Jesus carregando a cruz, vosso olhar maternal deu-Lhe forças e coragem.

Sustentai os infelizes aflitos, resgatados pela cruz da dor nos tormentos da vida!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Oitavo Dia

 

Refúgio dos Aflitos, nos extremos da dor, sob a cruz de vosso Filho, Êle vos entregou como filhos, todos os homens.

Aliviai maternalmente vossos filhos que padecem aflições!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

Nono Dia

 

Senhora dos Aflitos, entre lágrimas acompanhastes Jesus Morto até sua sepultura.

Depositai, Mãe e Senhora, nos corações aflitos, Aquêle que é a única e perene alegria dos homens!

Ave-Maria, Glória ao Pai.

"Socorro dos aflitos, rogai por nós".

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena das Três Ave-Marias II

 

Oh! Mãe de Deus e Mãe de todas as graças:

 

Pelas muitíssimas graças que vos concedeu a Santíssima Trindade, e particularmente por teu poder, sabedoria e ardente caridade, vos suplico nos concedas a nós participar destas graças, como participam os filhos dos bens de seus pais, e especialmente nos concedas a graça que vos pedimos nesta novena honrando em Vós ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Amém.

Fazer o pedido.

 

Oh! Virgem poderosíssima:

 

Assim como Deus Pai, em sua magnificência onipotente, levantou tua alma sobre um trono de glória sem igual, até o ponto de que, depois dele, sois a mais poderosa no céu e na terra, assim também vos suplico que me assistas na hora da morte, para fortificar-me e afastar de mim toda potestade inimiga.

Ave-Maria.

 

Oh! Virgem sapientíssima:

 

Assim como o Filho de Deus, conforme aos tesouros de sua sabedoria, vos adornou e teve maravilhosamente Vós, ciência e entendimento, de tal modo que desfrutas do conhecimento da Santíssima Trindade mais que todos os Santos juntos, e como sol brilhante, com a claridade de que vos tem embelecido, adornas todo o céu, assim também vos rogo me assistas na hora da morte, para levar minha alma das luzes da fé e da verdadeira sabedoria, para que não a obscureçam as trevas da ignorância e do erro.

Ave-Maria.

 

Oh! Virgem amantíssima:

 

Assim como o Espírito Santo vos deu por completo das doçuras de seu amor e vos fez tão amável e tão amante que, depois de Deus, sois a mais doce e a mais misericordiosa, assim também vos rogo me assistas na hora da morte, levando minha alma com tal suavidade de amor divino, que toda pena e amargura de morte se mude para mim em delícias.

Ave-Maria.

 

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena a Nossa Senhora do Rosário

 

Oração Inicial
 

Oh! Mãe e clementíssima Virgem do Rosário!

Vos que plantasteis na Igreja, por meio de vosso privilegiado filho Domingos, o místico remédio do Santo Rosário, fazei que abracemos todos tua santa devoção e obtenhamos seu verdadeiro espírito; De sorte que aquelas místicas rosas sejam em nossos lábios e coração, pelos pecadores medicina e pelos justos aumento de graça. Amém.

Pedir aqui com confiança a graça que se deseja obter com esta novena.

 

Orações Finais

 

Rezar quatro Ave-Marias e glórias em reverência das quatro ordens de mistérios do Santo Rosário.

 

Terminar com a seguinte oração:

Oh! Santíssima Virgem, Mãe de Deus, doce Refúgio e esperança piedosa de todos os aflitos !

Por aquela confiança e autoridade de Mãe com que podeis apresentar nossos rogos ao que é árbitro soberano de nosso bem, empenhai uma e outra em favor nosso.

Consegui-nos o reformar com o Santo Rosário nossas vidas, estudando em tão doce livro a fiel imitação de vosso Filho Jesus, até que possamos adora-Lo e ama-Lo por todos os séculos dos séculos. Amém.

 

Primeiro Dia

 

"Deus vos salve".

Quanto minha alma se alegra, amantíssima Virgem, com os doces recordos que em mim desperta esta saudação! Se enche de alegria meu coração ao dizer o "Ave-Maria", para acompanhar a alegria que teve vosso Espírito ao escutar da boca do anjo, alegrando-me da eleição que de Vos fez o Onipotente para dar nos o Senhor. Amém.

 

Segundo Dia

 

"Maria" nome Santo!

Dignai-vos, amabilíssima Mãe, selar com vosso nome a memória das súplicas nossas, dai-nos a esperança de que nos atenda benignamente vosso Filho Jesus, para que alcancemos o aborrecimento a todas as vaidades do mundo, firme amor a virtude, e ansias continuas de nossa eterna salvação. Amém.

 

Terceiro Dia

 

"Cheia sois de graça ".

Doce Mãe! Deus Vos salve, Maria, sacrário riquíssimo em que descansou corporalmente a plenitude da Divindade: A vossos pés se apresenta desnuda minha pobre alma, pedindo a graça e amor de Deus, com o que fostes enriquecida, fazendo-te cheia de virtude, cheia de santidade, e cheia de graça. Amém.

 

Quarto Dia

 

"O Senhor é contigo".

Oh! Santíssima Virgem! Aquele imenso Senhor, que por sua essência fez todas as coisas, está em Vos e convosco por modo muito superior.

Mãe minha venha a nós o Senhor através de Vós.

Mas como tende vir a um coração de tão pouca limpeza como o meu;
Aquele Senhor, que para fazer de vós sua habitação, quis com tal prodígio, que não se perdesse vossa virgindade sendo Mãe ?

Oh! mora em nós tanta impureza, para que habite em nossa alma o Senhor. Amém.

 

Quinto Dia

 

"Bendita sois entre todas as mulheres "

Vós sois a glória de Jerusalém:

Vós a alegria de Israel: Vós a honra do povo Santo de Deus.

Obtende por vossa intercessão a nosso espírito a mais viva fé, para considerar e adorar com vosso Santo Rosário as misericórdias que em Vós e por Vós fez o Filho de Deus. Amém.

 

Sexto Dia

 

"Bendito é o fruto de teu ventre Jesus ".

Choro, Oh! Mãe minha, que tenho eu feito tantos pecados, sabendo que eles fizeram morrer na cruz a vosso Filho.

Seja o fruto de minha oração, que não termine nunca de chorá-los, até poder bendizer eternamente aquele puríssimo fruto de vosso ventre. Amém.

 

Sétimo Dia

 

"Santa Maria, Mãe de Deus ".

Não permitais que se perca minha alma comprada com o inestimável preço do sangue de Jesus.

Dai-me um coração digno de Vós, para que amando-vos, sejam minhas delícias obsequiar-vos com o Santo Rosário, adorando com ele ao vosso Filho, pelo muito que fez para nossa redenção, e pelo que desejou, fazendo-te sua Mãe. Amém.

 

Oitavo Dia

 

" Rogai por nós pecadores".

Mãe de piedade! A Vos peço Mãe do Rei soberano da glória:
Vós sois minha Mãe.

Alcançai-me humildade e plena confiança, pois deste modo, com o auxílio de Deus, a receber os favores da Divina misericórdia, pelos méritos de vosso Filho e Redentor nosso. Amém.

 

Nono Dia

 

"Agora, e na hora de nossa morte "

Estamos sempre prestes a perder a graça de Deus.

Fazei que não se aparte de minha memória ao último momento da vida, que haverá de ser decisivo de minha eterna sorte.

Oh! Mãe de piedade ! concedei-me o esperança de morrer abaixo de vossa proteção e no amor de meu Jesus. Amém.

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena à Mãe Rainha

e Vencedora três vezes Admirável de Schoenstatt

 

 

Prefácio

 

Para melhor desempenhar sua solicitude maternal, Maria tornou-se especialmente presente em seus Santuários, numa constante atividade. Talvez já estivesse ajoelhado no Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt ou participasse da romaria que aí se realiza no dia 18 de cada mês.

 

Nos Santuários de Schoenstatt, comemora-se esta data como o "dia da Aliança", como dia da renovação da Aliança de Amor, que o Pe José Kentenich e a geração fundadora de Schoenstatt selaram com a Mãe de Deus.

No dia da Aliança, sempre encontramos, no Santuário, o frontal do altar com o lema: "Nada sem vós, (Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt), Nada sem nós!"

A primeira parte deste lema nos lembra que a querida Mãe de Deus é a Medianeira de todas as graças.

Deus nos presenteia suas dádivas pelas mãos maternais de Maria.
Pelas palavras: "Nada sem nós", lhe dizemos: queremos ajudar-vos na realização de vossas tarefas, pois esperais nossa colaboração. Este lema quer tornar-se realidade em nossa vida prática.

Certamente trazes preocupações em teu coração, por isto queres dirigir-te à Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, numa confiante súplica, através desta novena.

O que dela esperas tu o sabes, mas o que deves fazer dir-te-ão as páginas seguintes.

Esta novena não é apenas uma oração a ser pronunciada pelos lábios; Mas a vida há de concretizar as palavras rezadas. Maria, por assim dizer, te toma pela mão e coloca ante teus olhos a sua vida, para que procedas segundo o seu exemplo. Experimenta fazê-lo com toda a confiança.

A Mãe Três Vezes Admirável te atenderá em teus pedidos.

 

Oração Preparatória para todos os dia

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt!
Com ilimitada confiança, me aproximo de ti, para receber o teu auxílio em minha grande aflição; Pois teu Divino Filho, na cruz, me deu a ti como minha Mãe, dirigindo também a mim as palavras: "Eis aí tua Mãe!" E a ti disse Ele: "Eis aí teu filho!" Que consolo para mim, receber-te por Mãe! Por isso dirijo-me a ti em meu grande sofrimento. Bem conheces minha pesada cruz.

 

Peço-te, confiante, que me ajudes, ó grande Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, pois nunca se ouviu dizer que tenhas abandonado algum filho teu que buscou refúgio em ti. Tu mesma sentiste o peso e a aflição da vida! Estiveste ao pé da cruz, como a Mãe das Dores. E será que agora não vais atender o meu pedido, quando te confio, suplicante, o meu sofrimento?

 

Não, jamais! Tu és a Saúde dos Enfermos, a Consoladora dos Aflitos, o Auxílio dos Cristãos. Inspira-me, porém, a confiança especial o fato de seres chamada "Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável".

Este honroso título expressa que sempre e em toda a parte és admirável.
Intercede, pois, junto ao teu querido Filho, para que me atenda.

E, eternamente, quero cantar o teu Magnificat, bendizendo as misericórdias do Senhor. Amém.

 

Primeiro Dia - A mensagem de Deus a Maria

 

"O Anjo do Senhor anunciou a Maria e Ela concebeu do Espírito Santo."

 

Desde séculos, os sinos das igrejas e capelas nos anunciam em alta voz este mistério. Eles nos lembram, três vezes ao dia, o início de nossa salvação. Em espírito, volvamo-nos à hora da Anunciação. De quanta luz não terá sido inundada a Santíssima Virgem! Quão grandes mistérios Deus lhe confiou! A vinda do Messias está próxima e Maria, que se sentia tão pequena e insignificante, haveria de tornar-se sua Mãe! Alegre emoção deve ter-se apoderado dela, pelo fato inaudito do eterno Filho de Deus querer tornar-se homem!

 

Mas perguntemo-nos se este acontecimento poderá ter significado para Maria somente felicidade e alegria. Oh, não! Sabemos que esta hora incluiu também o prenúncio de extraordinário sofrimento. Contudo, na Anunciação, a Virgem Santíssima ainda não via.

Clara e detalhadamente, a amplitude do Sim que pronunciara. Porém, conhecia os trechos da Sagrada Escritura que falam acerca do Messias. Pelo preço de sofrimentos dolorosíssimos, Ele queria redimir o mundo mergulhado na culpa e no pecado. Não deveria, então, sua Mãe dispor-se a um mar de sofrimentos? "O Anjo do Senhor saudou Maria..." Deus saudou Maria.

 

A ti, ainda não enviou nenhum anjo para saudar-te e trazer-te mensagens. Quem é que traz para ti as mensagens? É o carteiro com uma notícia que, talvez, destrua tua felicidade por toda a vida. Ou ficas sabendo que certas pessoas te difamaram, roubando-te a boa fama de que gozas; ou te é comunicado que perdeste teu emprego, que perdeste todos os teus bens ou que teus credores estão impacientes contigo. Talvez recebes o aviso da morte de um dos teus familiares ou esperas ansiosamente notícias sobre a sorte de um dos teus entes queridos; oprimem-te dificuldades interiores ou exteriores que o áspero dia útil te traz...
Não digas, então, que o bom Deus não te envia anjo, não te envia mensagens.

 

Ajoelha-te, em silêncio, diante do teu Deus, como Maria, diante do anjo, e reflete: "Nada vem por acaso, tudo provém da bondade de Deus." Tua cruz - seja ela qual for - não é uma saudação de Deus, uma mensagem do Pai para ti, teu filho? Não está o anjo diante de ti, por assim dizer, esperando o teu sim, como o fez com Maria? Teu sofrimento tem sentido profundo.

 

Desde que Cristo sofreu sobre o Gólgota, também nós somos inseridos em sua morte. Devemos sofrer com Ele pela salvação dos outros e por nossa própria salvação.

Portanto, curva-te ao aceno da mão de Deus; acredita cegamente que Ele te saúda através do sofrimento e procura aceita-lo como mensagem do céu.
Procura também crer que, justamente agora, não estás abandonado por Deus, mas confia firmemente que Ele quer atender teu pedido, pela intercessão de Maria, a Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Tu, que trilhaste os escuros caminhos da fé e sempre te curvaste aos desejos e à vontade de Deus, ajuda-me a descobrir, através da minha cruz, do meu sofrimento, o amor paternal de Deus. Intercede por mim, em minha grande aflição e alcança-me esta graça, se assim corresponder aos planos de Deus. Amém.

 

Aplicação

 

Presta atenção, hoje, a todos os pequenos acontecimentos e considera-os como saudação de Deus.

 

 

Segundo Dia - Resposta de Maria a Mensagem do Anjo

 

"Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra" (Lc 1, 38).

 

Terá sido fácil esta proposta para Maria? Será que Ela a pronunciou espontaneamente, de maneira superficial e irrefletidamente, como nós freqüentes vezes o faremos na oração "O Anjo do Senhor"? Maria se assustou com o que estava acontecendo em torno de si; Ela se assustou diante do anjo; assustou-se, certamente, com o inaudito que dela Deus esperava, pois queria ser somente a serva e não a Mãe do Salvador. Tudo lhe aconteceu de maneira tão imprevista.
Seus planos foram destruídos - queria permanecer virgem - e parece que agora devia alterá-los.

 

Ela não tinha muito tempo para refletir; precisava decidir-se logo. Não tinha oportunidade de dormir uma noite e, na manhã seguinte, ponderar novamente. O anjo estava diante dela e aguardava resposta - uma resposta bastante decisiva para a salvação do mundo.

E Maria não hesitou nenhum instante; não se envolveu em falsa humildade, dizendo: não sou capaz para isso! Não discutiu com o anjo, como Moisés com o Senhor, quando lhe ordenara que se apresentasse diante do Faraó e realizasse coisas extraordinárias, para que ele deixasse partir o povo de Israel. Em, por fim, lhe disse Moisés: "Minha língua é pesada; Aarão deve falar em meu lugar ."

A simples donzela de Nazaré agiu de modo bem diverso. Com simplicidade filial e confiantemente, disse: "Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra." (Lc 1, 38)

 

E qual a tua resposta ao sofrimento? Que dizes tu à mensagem do Pai? Certamente te perguntas: mas pode-se dizer "sim" à injustiça, à difamação?
Pode-se consentir em desprezo e infidelidade? Pode-se dizer "sim", quando se perde bens e haveres, quando a aflição ultrapassa as próprias forças? Pode o homem consentir no sofrimento que a morte lhe causa, tirando do seu meio o ente mais querido? Quando doenças o atormentam e a existência vacila sob seus pés?

 

Pode alguém dizer "sim", quando não consegue dominar suas paixões, embora empregue esforço constante para isso? Reflete: teu sofrimento - seja qual for - é permitido pela bondade paternal de Deus e seu olhar repousa com grande desvelo sobre ti. Ele quer somente o teu bem; quer atrair-te a si. Procura crer firmemente nisso.

 

Ainda que te deixe alguma fraqueza moral, humilhante, Ele o faz, tendo em vista o teu bem. Deves apenas confessar sinceramente tua miséria e, muitas vezes, pela oração, elevar-te a Ele e à tua Mãe Celestial. Oferece-lhes tua boa vontade e, hoje, tenta dizer um "sim" resignado à vontade de Deus, à cruz que tanto te oprime. "Deus é Pai, Deus é bom e bom é tudo o que Ele faz." Diante de tudo o que te é incompreensível, com Maria, dize também tu: "Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra" (Lc 1, 38).

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, pequena serva de Nazaré! Implora-me a graça de, em meu sofrimento, dizer um singelo "sim", humilde e resignado à vontade de Deus. Ensina-me a curvar-me à sua mão, lembrando-me da palavra: "Quem confia em Deus, constrói sobre um solo firme e quem nele se apóia jamais perece." Amém.

 

Aplicação

 

Dize, hoje, um "sim" pronto e disposto a todos os acontecimentos e imprevistos que te surpreendem.

 

Terceiro Dia - O Espírito Santo Louva Maria, através de Isabel

 

"Bem-aventurada és tu que creste..." (Lc 1, 45)

 

No Primeiro Dia de tua novena, aceitaste teu sofrimento com,o mensagem do Pai. No segundo, lutaste por inclinar-te filialmente à vontade paternal de Deus.
Com Maria, a bem-aventurada Mãe de Deus, pronunciaste o teu "sim", na confiança cega de que a vontade do Pai prevê para ti sempre o melhor, mesmo se te envia amargos sofrimentos.

Hoje, vivenciamos o encontro agraciado de Maria com Isabel. Admiramo-nos das palavras que o Espírito Santo pronunciou através de Isabel: "De onde me vem esta honra de vir a mim a Mãe de meu Senhor?... Bem-aventurada és tu que creste..." (Lc 1, 43-45)

 

Em que Maria creu? Ela creu na onipotência de Deus e não duvidou que, para realizar seus planos, Ele podia romper também com as leis da natureza. Realmente, nela fez coisas grandes e incompreensíveis. Maria pôde trazer o Filho de Deus sob o seu coração e tornar-se mãe sem perder a virgindade. Sim, "bem-aventurada és tu que creste..."

 

Esta palavra do Espírito Santo, pronunciada por Isabel, é escrita também para ti; vale também para ti, se fores capaz de crer como Maria. O bom Deus é onipotente e Ele está sempre pronto a ajudar-te pela intercessão de Maria, se o que pedes for'útil à tua eterna salvação.

Então, mesmo que tenha de realizar um milagre, Ele o fará. Não brilha para ti esta verdade, como uma clara estrela de esperança? Maria é tua Mãe! Que felicitadora realidade! Seu mais belo direito de mãe é alcançar de Deus todas as graças de que necessitas.

"Maria ajudou", é a palavra que, amiúde, encontramos gravada nos Santuários, nos lugares de graças de Nossa senhora Saúde dos Enfermos, Consoladora dos Aflitos, Auxílio dos Cristãos.

 

Não estão dando esses lugares de graças da querida Mãe de Deus eloqüente testemunho de sua fidelidade maternal? Não são eles monumentos do teu poder? Maria pode implorar milagres; Ela quer implorar milagres e também implorará milagres... Incontáveis milagres já se realizaram por sua intercessão. O próprio Cristo nos estimula a termos fé na ajuda admirável de Deus: "Tende fé em Deus"; diz Ele. " Em verdade, vos declaro: todo o que disser a este monte: Levanta-te e lança-te ao mar - se ele não duvidar em seu coração, mas acreditar que isto sucederá, ele obterá o milagre.

 

Por isso, vos digo: Tudo o que pedirdes na oração, crede que o haveis de conseguir e que o obtereis" (Mc 11, 22-24)

Feliz és tu se crês que, pela intercessão de Maria, Deus te atende em tuas preocupações, quando for para o teu maior bem; ou que te concede a força de carregar tua cruz com paciência e amor, se não procurares desfazer-te dela...

 

Oração

 

"Confio em teu poder, em tua bondade; em ti confio com filialidade. Confio, cego, em toda a situação, Mãe, no teu Filho e em tua proteção."

 

Aplicação

 

Exercita-te, hoje, durante todo o dia, na confiança filial no poder e bondade da Mãe de Deus.

 

Quarto Dia - A alegre resposta de Maria, pelo Magnificat

 

"A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito exulta em Deus, meu Salvador." (Lc 1, 46-47)

 

Que tem a ver o hino de louvor de Maria, com tua novena e o pedido de auxílio em tuas preocupações? Com certeza, pensas entoar o Magnificat logo que alcançaste a graça...mas não agora. Isto é demais! - assim, talvez, te fala o coração.

Em transbordante júbilo, Maria exaltou os grandes feitos de Deus.
Ela não pensou somente em sua própria escolha - Deus se inclinou para sua pequenez.

Sua alegria abrangia o mundo inteiro, pois estava próxima a redenção da humanidade... "Sua misericórdia estende-se de geração em geração...

 

Ele eleva os humildes. Sacia de bens os famintos..." (Lc 1, 50.52-53). Maria rejubilou porque os outros iriam passar bem; Ela pensou na felicidade dos outros.
Todo o seu procedimento também revela sua atitude serviçal em relação aos homens necessitados. Após realizar-se o milagre da encarnação do Filho de Deus em seu seio, Maria não se deteve em sua casinha, oculta, para adorar o Deus do seu coração, o filho que iria nascer.

 

Não, pressurosa foi a Isabel. Aí a encontramos trabalhando, servindo. Quão humana se nos apresenta a agraciada Serva de Deus!

E aí, servindo ao próximo, Ela cantou o seu Magnificat.

E tu, certamente, trazes grandes cuidados em teu coração. Talvez estejas desiludido com Deus e com os homens, ou te encontras em grandes aflições interiores. Pode ser que dificuldades externas se acumulem em tua frente.
Como então, nesta situação, podes ainda interessar-te pelos outros?

Talvez te surja o pensamento: agora devo preocupar-me comigo mesmo; os outros não se interessam por mim...

 

Então, desânimo e tristeza querem tomar conta de tua alma; inveja e ciúme da felicidade dos outros invade teu coração e tu ficas de mal com Deus. Será que a Mãe de Deus não tem nada a dizer-te com seu Magnificat? Não estará Ela a falar-te, através do seu servir e do desinteresse de si mesma? Apesar dos teus cuidados e aflições, tenta também tu causar alguma pequena alegria a outrem; tenta ser bondoso com os outros, por um olhar amável, uma boa palavra ou um pequeno obséquio.

Reza pelos outros. Se assim agires, sentirás como o teu sofrimento se torna muito mais ameno. Aprenderás a esquecer-te sempre mais de ti mesmo e, em meio à dor, permanecerás alegre, como diz o Apóstolo São Paulo:"... transbordo de alegria em toda a tribulação" (2 Cor 7, 4).

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt! Outrora cantaste o teu Magnificat, porque o Senhor te escolheu por Mãe e, assim, te tornaste a serva de todos os homens. Implora-me, te peco, a graça de eu também servir sempre ao meu próximo e suportar, alegremente, o meu sofrimento até que Deus me atenda por tua poderosa intercessão, ó querida Mãe e Rainha!

 

Aplicação

 

Sê, hoje, alegre e amável... Aproveita cada oportunidade para servir aos outros.

 

Quinto Dia - A queixa de Maria

 

"Filho, por que procedeste assim conosco?" (Lc 2, 48)

 

O sofrimento pesa sobre ti. Ontem procuraste manter a alegria, apesar de toda a aflição.

Talvez cansaste servindo ao próximo. Mas estás ainda preocupado contigo mesmo e teus cuidados. Teu coração quer revoltar-se, repetindo sempre de novo a pergunta:

Por quê? Por que justamente eu? Isto é um bem humano! Porém, não deves fazer-te esta pergunta, com amargura. Ademais, até podes consolar-te, pois encontras a pergunta "por que" também nos lábios da querida Mãe de Deus: "Filho, por que procedeste assim conosco?" ((Lc 2, 48). Quão próxima está de nós a Mãe do Senhor, com seu coração materno, que sente de modo tão humano! Ela está próxima de nós também nos incontáveis acontecimentos incompreensíveis de sua própria vida, inclusive ao pé da cruz. Só que ali Ela não mais se queixou. Talvez te perguntes: por que há tantos e tão horríveis sofrimentos no mundo?

 

Por que há desilusões, por que tantas aflições? Qual será, então, o sentido do sofrimento? Um consolador provérbio reza: "Que é para o filho de Deus dor e aflição? Do Pai o brado: vem ao meu coração!" É assim mesmo. Deus te ama justamente agora, permitindo este sofrimento para ti. Através dele, Deus quer acrisolar tua alma, desprender-te do que é mundano e atrair-te a si. Dizes com tanta facilidade que Deus castiga, que Ele não te quer bem. E, contudo, Ele te ama!

Ama-te especialmente quando sofres com resignação, pois carregas, por assim dizer, uma parcela da cruz do seu Filho. E fazes bem se procuras aceitar o teu sofrimento também com espírito de penitência. Cada um de nós tem faltas e pecados a reparar. Através do sofrimento, podes pagar, já aqui na terra, uma parte das penas merecidas por teus pecados. Também isso é prova do amor de Deus.

 

E, deste modo, o sofrimento se torna meio de salvação e santificação própria. Mas ele quer ainda significar algo mais. Pelo sofrimento suportado de modo certo, tornar-te-ás semelhante ao Crucificado. Ou será que não queres assemelhar-te um pouco ao Senhor a quem certamente amas?! Mas, pelas aflições da vida, tens oportunidade de conquistar muitos e valiosos méritos para a eternidade. Na hora de tua morte, sentir-te-ás grato pelos tempos nos quais foste acrisolado como o ouro na fornalha e, por assim dizer, como Cristo, caíste em terra sob o peso de tua cruz. O bem-estar e divertimentos não poderão valer-te naquele momento.

 

Antes, tornar-se-ão um peso para ti. Mas feliz de ti, se souberes carregar as tribulações da vida, com Deus! No sofrimento podes tornar-te apóstolo e ajudar a salvar muitas almas. A Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt se coloca diante de ti, por assim dizer, com o pedido: dá-me todos os teus sacrifícios, esforços e aflições, para que eu possas oferta-los a Deus. Eles se tornarão fecundos para a salvação das almas e a renovação do mundo. Será que tens coragem de negar à Mãe graças de Schoenstatt este seu pedido? Não queres, por teu sofrimento, tornar-te um sacrifício de amor, para interceder muitas graças? Considera contigo mesmo, se Deus e a Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt, através desta situação que estás vivendo, não querem despertar-te para uma heróica vida sacrifical? Talvez, agora já compreendas um pouco o sentido do sofrimento. Mas, apesar disso, podes dirigir-te com toda confiança a Maria.

 

Pode ser que Deus o tenha permitido, somente para dar-te oportunidade de vivenciar o poder e a bondade de Maria. Confia, pois, na Mãe como o fazem as crianças! A medida da confiança é a medida da realização. Conhecemos belo pensamento: "Se alguma dor te oprime, vai à Mãe e fala-lhe. Ela te ajudará!"

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Imersa no sofrimento, procuraste o teu Filho e o reencontraste. Expressaste toda a tua aflição nas palavras: "Filho, por que procedeste assim conosco?"

Hoje, querida Mãe, quero entregar-te todas as minhas aflições, com o insistente pedido: Intercede por mim junto de Deus! Porém, faça-se em tudo a vontade do Pai! Amém.

 

Aplicação

 

Lembra-te, hoje, muitas vezes, de que teu sofrimento tem profundo sentido e que Deus dirige tudo para o teu bem maior.

 

Sexto Dia - A resposta de Deus a Maria

 

À queixa de Maria: "Filho, por que procedeste assim conosco?" responde Jesus: "Não sabíeis que devo estar naquilo que é do meu Pai?" (Lc 2, 49).

 

Tal resposta Maria não esperou receber.

Certamente foi como que um golpe para o seu coração de Mãe! Terá Ela ainda sido capaz de pensar? Mais uma vez se lhe reavivou toda a dor dos últimos três dias: noites sem descanso, medo e incerteza pelo Filho perdido...

E agora Jesus está diante dela, belo e cheio de majestade divina, atingindo com sua resposta o mais profundo sentimento do seu coração materno.

 

Maria reencontrou e, ao mesmo tempo, perdeu seu Filho! O Pai Celestial tinha o primeiro direito a Ele. Seu coração materno devia calar-se. Ela devia unir-se a Jesus no "sim" à vontade do Pai e, desta maneira, reencontra-lo num nível muito mais elevado: na vontade paternal. Maria não compreendeu logo o que disse seu Filho. Mas, guardou tudo em seu coração.

 

E tu, como reages em semelhante situação? Talvez também perdeste teu filho e a incerteza por alguns dos teus entes queridos te oprime. Ou perdeste bens e haveres; perdeste tua felicidade, tua saúde e - o que seria ainda pior - a paz do coração, o próprio Deus... Não sabes que também tu deves estar naquilo que é do Pai, que é do teu Deus? Se pelo pecado grave, perdeste o supremo Bem, se perdeste a Deus, então vai à procura dele "no Templo". Reconquista a paz do coração, através de uma boa confissão. Porém, se perdeste bens terrenos, entrega-te, abandona-te à vontade paternal de Deus.

 

Talvez ainda não compreendes o que Ele quer dizer-te por meio desse sofrimento. Mas uma coisa é certa: a vontade de Deus te dirige. Por isso, não te revoltes. Age como Maria: reflete, reza e entrega-te totalmente nas mãos da Divina Providência. Os planos de Deus são planos de amor e de sabedoria.


E Maria te compreende, justamente agora que tuas aflições te cercam como um alto muro.

Apóia-te em Deus e segura a mão da Mãe. Sempre que experimentas insegurança, reza: "Se eu não sei o caminho, Tu bem o conheces. Isso torna a minha alma tranqüila e cheia de paz. Por isso vã é minha preocupação e o pulsar angustiado do meu coração."

 

 Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Implora-me a virtude da confiança em Deus e a graça de considerar sempre a tua santa vontade como o mais alto bem. Confio inteiramente em ti e peço insistentemente, que não me abandones, mas intercedas o auxílio de Deus em minha aflição. Amém.

 

Aplicação

 

Não te queixes, hoje, com as situações desfavoráveis. Mas lembra-te que agora podes também estar naquilo que é do Pai: na sua santa e sábia vontade.

 

Sétimo Dia - O pedido de Maria

 

"Eles não tem mais vinho!" (Jo 2, 3) Uma palavra da Mãe do Senhor, muito simples e natural, mas de confiança ilimitada: "Eles não têm mais vinho!" (Jo 2, 3).

Pensemos na situação em que Ela a pronunciou.

O Filho de Deus viveu durante trinta anos na obscuridade e trabalhou, como operário, na oficina de São José.

 

Agora começa a ensinar e "Ele fala como quem tem poder". Ainda não realizou nenhum milagre. Certo dia, Jesus e Maria, sua Mãe, foram convidados a um casamento. E aceitaram o convite. Maria percebeu que o vinho começou a faltar e se levantou. Será que o fez porque pensou em voltar para casa, a fim de evitar embaraço aos noivos?

Não. Não é por isso que se levantou. Ela foi ao seu Filho e lhe disse baixinho: "Eles não têm mais vinho!" (Jo 2, 3).

 

Isso significou mais do que a simples comunicação dum fato. Maria esperava do Senhor um milagre! Parece-nos impossível!. Não teria sido melhor ter dito: "partamos, vamos para casa!" mas isso Ela nem pensou.

Fez um pedido em favor dos noivos e, a seu pedido, o Filho de Deus devia realizar o primeiro milagre - não no Templo ou na sinagoga, como nós talvez pensaríamos - porém, numa festa de casamento.

Como Maria é tão genuinamente humana!

A palavra de Maria: "Eles não têm mais vinho!", deve inspirar-te grande confiança! Tu não pedes vinho, não. Tens outros cuidados maiores. Tu não apenas te encontras em situação desagradável, embaraçosa; mas sobre tua alma pesa grande fardo.

Talvez se trate de tua existência, da salvação dum ente querido ou até da salvação de tua própria alma.

 

Não duvides: Maria - de modo semelhante como o fez em Caná - agora está junto do Senhor, pedindo por ti: Vê, Senhor, falta-lhe isso e aquilo...
Ajuda, por favor!

Se nas bodas de Caná, pela intercessão de Maria, Cristo transformou água em vinho, a fim de evitar aos noivos uma situação embaraçosa e desagradável, com maior certeza, Ele vai atendê-la agora, que pede por ti, numa aflição incomparavelmente maior!

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Junta as mãos e pede por mim, com tanta insistência como o fizeste em Caná:
"Senhor, eles não têm mais vinho!" Apresenta minhas grandes preocupações ao Senhor. E estou certo de que serei atendido. Ele há de libertar-me de minha aflição ou dar-me-á a força de suportá-la corajosamente. Amém.

 

Aplicação

 

Dize, hoje, muitas vezes com a querida Mãe de Deus: "Senhor, eles não têm mais vinho", expressando por meio destas palavras as tuas preocupações. Cultiva a confiança e a perseverante oração de súplica.

 

Oitavo Dia - Uma resposta de Deus a Maria

 

"Minha hora ainda não chegou" (Jo 2, 4).

 

Não estás, desde ontem, ainda todo cativado pela pessoa da querida Mãe de Deus em seu ser encantador e humanitário? Ela teve muita ousadia em pedir um milagre; "Eles não têm mais vinho"! E qual a resposta do Filho que, em sua majestade divina, se encontrava diante dela?

"Que há entre mim e ti? Minha hora ainda não chegou" (Jo 2, 4).

Maria recebeu uma recusa. Ouvindo as palavras, aparentemente duras, do Senhor, talvez estremeceu interiormente. Mas Ela não se retirou ofendida e confusa como nós, talvez, faríamos. Não. Maria creu imperturbavelmente: apesar de tudo, Ele ajudará! E não hesitou nenhum instante sequer...

 

Que tem a dizer-te com esta cena a querida Mãe de Deus? Seu procedimento deve servir de modelo para ti!

Persevera na oração incessante. Não te retires do Senhor, desiludido, porque pediste e não foste logo atendido.

Admiramos Maria, que apesar da recusa, logo falou com os servos e lhes deu ordens.

Também tu deves esperar tudo do Senhor, como Maria, a "chamar os servos", isto é, confiar singelamente até seres atendido. Cristo mesmo nos ensinou esta atitude.

 

Recordemos a sua parábola: Durante a noite, um amigo vai à casa do outro, bate na porta e pede insistentemente que lhe abra e empreste pão. E porque ele não cessa de pedir, por fim o amigo se levanta e lhe dá o que precisa, não por ser seu amigo, mas para livrar-se dele (cf. Lc 11, 5-13). Com esta parábola o Senhor quer dizer-te: também tu deves fazer como aquele que não se cansou de pedir.

 

Portanto, não percas, tão depressa, a confiança e implora constantemente, esperando sempre o auxílio de Deus, em tuas aflições, mesmo se não fores atendido imediatamente. "Tu conheces o meu caminho, sabes o tempo. Teu plano já está feito e colocado à disposição. Por isso espero, silencioso. Tua palavra não engana. Tu conheces o caminho e isto me basta!"

 

Oração

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt!
Nas bodas de Caná livraste os noivos de um embaraço. E agora eu te peço: compadece-te também de mim e não cesses de pedir ao teu Filho em minhas necessidades. Confio em ti, ó Onipotência Suplicante, Mãe do Senhor. Amém.

 

Aplicação

 

Exercita-te, hoje, na paciência.

 

Nono Dia - Uma palavra de Maria

 

"Fazei tudo o que Ele vos disser!" (Jo 2, 5).

 

Maria ainda está junto do Senhor. Ela não se deixa repelir.
Ao contrário, persevera em sua fé e confiança, tão firmes qual rocha, e acredita que Ele pode ajudar! Chama os servos e, com toda naturalidade, lhes ordena: "Fazei tudo o que Ele vos disser!"

E realmente, com sua confiança, por assim dizer, venceu o Senhor. Ele realizou o primeiro milagre. "Fazei tudo o que Ele vos disser!" Magnífica palavra de Maria, válida para todos os tempos e todas as gerações!

De fato, em Cana, agora e sempre, Maria aponta o Cristo. Que disse o Senhor naquela situação? Maria e os servos, que estão ao seu redor, ouviram sua harmoniosa voz disser: 'Enchei as talhas de água" (Jo 2, 7). Os servos cumpriram, pressurosos, a ordem do Senhor e assim prepararam o milagre.

 

Também tu deves preparar-te, espiritualmente, se esperas que teus pedidos sejam atendidos; deves, sobretudo, purificar a "talha" de tua alma, isto é, o pecado deve ser afastado do teu coração por uma boa confissão. Deves romper as relações ilícitas, vencer inveja e ciúmes. Estende a mão ao inimigo, para reconciliar-te com ele.

 

Ama a Deus, teu Senhor, de todo o teu coração e com todas as tuas forças.

Ama, como a ti mesmo, o teu próximo, o teu vizinho, aquele que mora contigo, na oficina. E enche de "água" o "cântaro" do teu coração. A "água" são tuas boas obras e a lealdade do teu pensar. Mas especialmente, enche o teu "cântaro" de ilimitada confiança, até transbordar, e dispõe-te a permanecer no sofrimento, tanto tempo quanto estiver nos planos de Deus.

 

Não poderá ser isto um prenúncio de que teus pedidos serão atendidos? Certamente, pois o Senhor espera que lhe ofereçamos a reta atitude do coração. Por isso, atende à palavra de Maria: "Fazei o que Ele vos disser!" Faze-o já hoje; faze-o imediatamente e confia com toda a singeleza que, por intercessão da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt, o Senhor não desiludirá a tua esperança.

 

Oração

 

Oh! Maria, Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, implora para mim a graça da conversão. Ajuda-me a observar fielmente os mandamentos de Deus e cumprir a sua santa vontade. Que minha vida não seja obstáculo para o atendimento dos meus pedidos, para os prodígios que tu queres alcançar-me, ó bondosa, ó clemente, ó doce Virgem Maria. Amém.

 

Aplicação

 

Prepara-te, hoje, para uma boa confissão e realiza-a.

 

Palavras Finais

 

Chegaste ao término de tua novena.

Certamente nem sempre foi fácil para ti seguir suas indicações.

Será que já foste atendido? Então não esqueças de agradecer. E se ainda precisas esperar, não percas a confiança. Faze a novena pela segunda e terceira vez, ou tantas vezes até que a tua oração seja atendida. (...) Pedes grandes coisas da Mãe de Deus.

 

Ela, com certeza, envolveu todos os pedidos em seu amor e te atenderá no momento em que for melhor para ti. E se não te libertar do teu sofrimento, dar-te-á a força para suportá-lo vigorosamente em silenciosa resignação. Ela te transformará interiormente, conceder-te-á novo ânimo e singela prontidão de te sujeitares inteiramente à santa vontade de Deus. Assim, em tua alma abatida e repleta de dores, realiza-se um "milagre da graça".

 

Não é este também um importante motivo para agradecer de todo o coração à Mãe das graças de Schoenstatt?

Ela quer atrair-te a si e educar-te, para prosseguires sempre mais seguramente no caminho do céu e conduzires outros a Deus. A Mãe de Schoenstatt quer selar contigo uma aliança de Amor. Entrega-te, pois, a Ela; dá-lhe teu coração com todo o seu amor. Consagra-lhe teu corpo com todas as suas faculdades.
Entrega-lhe tuas obras, tuas orações e trabalhos, fadigas e sacrifícios, preocupações e dores, todo o teu sofrimento.

 

A Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt te oferta, com tudo o que és e tens, ao eterno Deus como pedido pela renovação do mundo e para que os homens, que vivem longe de seu amor, voltem novamente a Ele. Não queres cumprir o desejo da querida Mãe de Deus? Faze uma aliança de Amor com Ela.

Com certeza, Maria te excederá de muito, em amor e doação generosa.

 

"UM FILHO DE MARIA JAMAIS PERECERÁ"

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena em louvor a Nossa Senhora da Agonia

 

 

Primeiro Dia:

 

Eis-me diante de Vós, ó Santa Mãe de Deus, Mãe Fortíssima que Vos comprazeis em ser invocada como a SENHORA DA AGONIA. Convosco me coloco aos pés da Cruz, onde Jesus, com Suas palavras divinas, nos estertores da morte, fez de Vós o nosso último dom: - “EIS TUA MÃE”.

 

 Não posso esquecer jamais esse dom precioso. Sois minha Mãe, minha Mãe Querida, e bem sabeis o motivo que me leva a começar hoje essa novena de orações. Conheceis minhas necessidades, minhas misérias e humilhações, meus medos e angústias; vinde então depressa em meu socorro! Vinde também em meu auxilio, ó Santo Apóstolo João, pequeno e corajoso discípulo, amigo sincero de Jesus, que não O traístes, nem O negastes, nem fugistes como os outros, mas estivestes com Maria aos pés de Sua Cruz.

 

Ó discípulo predileto, dignai-Vos rezar, juntamente comigo, estes nove dias e ensinai-me a abrir as portas do meu coração e do meu lar a esta Santa Mãe, que quer ensinar-nos a fazer a vontade de Deus, mostrando-nos que os planos divinos são sempre mais belos e perfeitos que os nossos próprios. Por isso, Poderosa Rainha, renuncio a minha vontade e dou-a inteiramente a Vós.

 

Ó Senhora da Agonia, sabendo que são muitos os que têm recorrido a Vós com confiança e têm sido por Vós beneficiados, sinto em mim uma nova esperança, um forte desejo de invocar Vosso socorro, e uma certeza de que não serei eu, a única criatura a ser por Vós desamparada. Nossa Senhora da Agonia, eu confio em Vós!

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

 

Segundo Dia

 

Eu Vos saúdo Santíssima Virgem, Rainha dos Mártires, Senhora da Agonia. Que os Anjos do Paraíso, os Santos Apóstolos e todos os Mártires, por mim, louvem e agradeçam a Deus que Vos constituiu Refúgio dos Perdidos e Esperança dos Miseráveis, dando, assim, até aos mais desesperados a esperança de salvação.

 

Ó Senhora da Agonia, Vós quisestes demonstrar o imenso anseio que tendes em socorrer os mais degradados pecadores, quando escolhestes para edificar o Vosso Templo em Portugal, o antigo Morro da Forca, que tal como o Calvário, servia para supliciar os condenados à pena de morte. E, de lá do Vosso trono, exercendo Vosso ofício de Advogada dos Pecadores, abristes o Vosso dulcíssimo coração à dor de todos os Vossos filhos. Que sobre mim também repouse o olhar da Vossa misericórdia! Não digais que minha causa é muito difícil de ganhar, pois sei que Deus sempre ouve a Vossa oração, porque Vos quis junto de Seu Filho, unida a Ele para sempre.

 

Eu me entrego a Vós, na confiança de que não ficarei decepcionado (a) em minha súplica. Nossa Senhora da Agonia, rogai por nós!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

Terceiro Dia

 

 Eu Vos saúdo, Mãe Dolorosa, Alívio dos Aflitos, Senhora da Agonia. Sejam benditas, ó Estrela do Mar, as Vossas mãos que alcançam de Deus e distribuem aos homens tantas graças, milagres e prodígios em benefício da salvação do mundo. Vós que, em terra de pescadores, sois a protetora dos que vivem a desbravar o mar, tomai também o leme do barco da minha vida que está a sossobrar.

 

Vós sois a ajuda poderosa, que Deus oferece a toda a humanidade, a fim de levá-la a retomar o caminho do bem, da verdade e do amor. Abandono-me, então, às correntes da Vossa misericórdia, abro-Vos o meu coração e em meio às fadigas, ao tumulto e às lutas de minha vida, eu busco-Vos, chamo-Vos e rogo-Vos que me alcanceis a graça de que tanto necessito. Nossa Senhora da Agonia, socorrei-me sem demora!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

Quarto Dia

 

Eu Vos saúdo, Mãe das Angústias, Virgem Poderosa, Senhora da Agonia. Que Vos bendiga toda a multidão de Vossos devotos da terra inteira, que bem sabem do poder que Deus deu a Vós, Mãe de Misericórdia, para cuidar da nossa salvação. Ó Senhora da Agonia, Vós que, no meio da noite escura, dáveis no Vosso monte, um sinal de luz, mostrando a direção da terra fir-me aos náufragos, que sem nada enxergar, tentavam sair das águas salgadas do abismo, resplandecei também para mim.

 

Deixai que a Vossa claridade penetre agora as minhas trevas. Tornai viva a luz da Vossa presença. Coloco minha vida em Vossas mãos e, na escuridão da noite em que me encontro, ergo os meus braços para Vós, buscando-Vos, chamando-Vos e rogando-Vos que me alcanceis a graça que tanto espero. Nossa Senhora da Agonia, eu me entrego confiante a Vós!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

Quinto Dia

 

Eu Vos saúdo, Mãe do Criador, Virgem digna de todo o louvor, Senhora da Agonia. Seja sempre exaltada a infinita bondade de Deus, que Vos constituiu a Tesoureira de Seus Bens e a Despenseira de Suas Graças, para que pudésseis ajudar Vossos filhos a entrarem no caminho estreito que leva à salvação.

 

Ó Senhora da Agonia, Vós, com este título, ficastes por quase dois séculos reinando somente em Portugal, dignando-Vos depois, trazer Vosso trono também para o Brasil. Da cidade de Itajubá levantastes então, a Vossa voz poderosa para chamar de todos os pontos do país os Vossos filhos e devotos para Vos construírem um Santuário.

 

 Ó Senhora de Todos os Povos, eu escuto Vosso chamado e acredito nos Vossos convites, acolho as Vossas mensagens e olho para os Vossos sinais. Sei que quereis me consolar, por isso, na angústia em que me encontro, dobro meus joelhos, buscando-Vos, chamando-Vos e rogando-Vos para que me alcanceis a graça que tanto almejo. Nossa Senhora da Agonia, ajudai-me sem demora!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

Sexto Dia

 

 Eu Vos saúdo, Mãe da Solidão, Refúgio dos Abandonados, Senhora da Agonia. Sejam benditas as Vossas vitórias, Rainha elevada ao Céu; que todos os povos Vos proclamem Bem-Aventurada, porque o Senhor fez em Vós maravilhas! Ó Rainha dos Mártires, Vós tivestes o título de “Soledade” trocado por “Agonia” pelos navegantes portugueses que Vos rogavam agoniados do alto-mar, para que conseguissem ultrapassar a barreira das ondas terríveis das tempestades do oceano e chegassem vivos à terra.

 

Mas agora, atravessando o Atlântico, (ó mistério insondável) viestes com o nome de Nossa Senhora da Agonia para uma terra, cuja padroeira é Nossa Senhora da Soledade. Entrego-me à força deste mistério e deposito o meu futuro em Vossas mãos. Ajudai-me a vencer as barreiras que o meu próprio egoísmo e falta de confiança ergueram e que me impedem de chegar ao porto seguro da salvação que é Jesus. Levanto meus olhos para Vós, Senhora dos Mares, e no meio das tempestades que estão me submergindo eu busco-Vos, chamo-Vos e rogo-Vos que me alcanceis a graça de que tanto preciso. Nossa Senhora da Agonia, vinde em meu auxílio!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

 

Sétimo Dia

 

Eu Vos saúdo, Rainha das Vitórias, Socorro dos Cristãos, Senhora da Agonia. Bendito seja Deus que concedeu a Vós um tão grande poder sobre os demônios, que estes temem mais um só de Vossos suspiros em favor de uma pessoa do que a oração de todos os santos. Suspirai por mim, ó Senhora da Agonia! Vós, que surgistes em nossos dias com o poder deste Vosso título, triunfando sobre a potestade inimiga e subjugando-a sob o Vosso Nome, dissipai suas tramas infernais e guardai-me em Vosso Coração Imaculado. Coloco em Vós toda minha confiança, ó Refúgio dos Pecadores.

 

Tende compaixão de mim, livrai minha alma da opressão causada pelo peso dos meus pecados. No meio das tribulações em que me encontro, eu busco-Vos, chamo-Vos e rogo-Vos para que me alcanceis a graça que insistentemente Vos peço. Nossa Senhora da Agonia, sede meu refúgio e proteção!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

 

Oitavo Dia

 

Eu Vos saúdo Maria, Porta da Vida, Mãe de Todas as Graças, Senhora da Agonia. Salve, Mãe de Piedade, minha Mãe Amada. Mil graças rendo a Deus, que criou em Vós um verdadeiro e vivo coração de mãe que transborda continuamente de amor e de dor por seus filhos. Ó Senhora da Agonia, Vossos filhos quiseram construir para Vós uma igreja num outro lugar, que não aquele escolhido por Deus, desde todo sempre, para que ali fosse edificado um Santuário em Vossa honra. Mas Vós, ó Mãe Paciente, chamastes a atenção das pessoas para aquele Monte Santo, do qual estais hoje a espalhar por toda parte os tesouros da misericórdia divina.

 

Colocai-me também entre os filhos de Vossa predileção, ó Virgem Fiel; inclinai-Vos para mim com paciência e bondade. Levantai-me para que eu possa caminhar sem medo, pois é com confiança que eu busco-Vos, chamo-Vos e rogo-Vos que me alcanceis a graça de que tanto necessito. Nossa Senhora da Agonia, compadecei-Vos de mim!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

Nono Dia

 

Ó Virgem Imaculada e Bendita, Santíssima Virgem Maria, Senhora da Agonia, é com o coração cheio de confiança e a alma compenetrada da mais viva gratidão que hoje encerro a minha novena, na qual ergui a Vós minhas súplicas, comuniquei a Vós meus segredos, contei a Vós as minhas desventuras e descobri diante de Vós as minhas chagas. Dou graças ao meu Deus que me fez compreender que aquele que recorreu a Vós já pode ter a certeza de ter sido atendido.

 

Por Vossas preces, ó Mãe Clemente, a graça do Senhor me visitou. Feliz a casa onde entra a Mãe de Deus! Quero agora celebrar-Vos por toda a parte e ver-Vos amada pelo mundo inteiro. Quero ainda, de modo muito especial, entregar-me ao Vosso serviço. Recebei-me no número dos Vossos devotos. À Vossa soberania consagro o meu passado, presente e futuro.

 

Governai-me, assisti-me em todas as minhas ações, palavras e pensamentos, para que eu nunca mais ofenda a Jesus. Ó minha Rainha e minha Mãe, não deixeis de volver os Vossos olhos misericordiosos sobre todos aqueles que Deus me deu ao longo da minha vida, sobre a nossa Nação e sobre toda a Santa Igreja. Ficai sempre comigo e não me abandoneis na hora da minha morte. Amém. Nossa Senhora da Agonia, eu me consagro a Vós!

 

Ave-Maria e três vezes o Glória

 

 

 

 

 

 

Novena Da Imaculada Conceição

Coroada de doze estrelas.

 

Devoção recomendada por S. José Calazans

Indulgência: 300 dias cada vez, plenária se todo mês (Pio IX)

 

Festa da Imaculada Conceição dia 08.12

 

Rezá-la completamente durante 9 dias consecutivos. 

 

Ave-Maria Purissima, concebida sem pecado!

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Louvemos e demos graças à Trindade Augusta de Deus que nos mostrou a Virgem vestida de sol, calçada de lua e coroada de doze estrelas. Pai-Nosso...

 

Louvemos e demos graças ao Pai Eterno que escolheu Maria para Filha Glória ao Pai...

 

1) Louvado seja o Pai Eterno que predestinou Maria para Mãe do seu Filho Ave-Maria...

2) Louvado seja o Pai Eterno que preservou Maria de toda a culpa Ave-Maria...

3) Louvado seja o Pai Eterno que adornou Maria com todas as virtudes Ave-Maria

4) Louvado seja o Pai Eterno que deu a Maria por esposo o purissimo São José Ave-Maria...

 

 Louvemos e demos graças ao Filho de Deus, que escolheu Maria Para sua Mãe Glória ao Pai...

 

5) Louvado seja o Filho de Deus que se encarnou e habitou em Maria Santíssima Ave-Maria...

6) Louvado seja o Filho de Deus que nasceu de Maria sempre Virgem Ave-Maria...

7) Louvado seja o Filho de Deus que deu a Maria todo poder Ave-Maria...

8) Louvado seja o Filho de Deus que nos deu Maria por Mãe Ave-Maria...

 

Louvemos e demos graças ao Espírito Santo que escolheu Maria por sua esposa Glória ao Pai...

 

9) Louvado seja o Espírito Santo por quem Maria foi Virgem e Mãe Ave-Maria...

10) Louvado seja o Espírito Santo por quem Maria foi templo da SS. Trindade Ave-Maria...

11) Louvado seja o Espírito Santo por quem Maria foi assunta ao Céu Ave-Maria...

12) Louvado seja o Espírito Santo por quem Maria foi medianeira de todas as graças Ave-Maria...

 

 V/ Bendita seja a Santa e Imaculada Conceição.

R/ Da Bem-aventurada Virgem Maria.

 

V/ Ó Maria concebida sem pecado.

R/ Rogai por nós que recorremos a Vós.

 

Oração da Missa (8 de dezembro):

 

Ó Deus, que pela Imaculada Conceição da Virgem preparastes para Vosso Filho digna morada, nós Vos suplicamos humildemente que, assim como, em atenção aos merecimentos desse mesmo Filho, Vos dignastes preservá-la de toda mácula, nos concedais igualmente, por sua intercessão, a graça de chegarmos a Vós limpos do pecado.

Pelo mesmo Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

 

Oração composta por São Pio X:

 

Virgem santa que agradastes ao Senhor a ponto de tornar-se sua Mãe, Virgem Imaculada em vosso corpo, em vossa alma, em vossa fé, em vosso amor, olhai com bondade os infelizes que imploram vossa poderosa proteção.

A serpente infernal contra a qual foi lançada a primeira maldição continua a combater e a tentar os pobres filhos de Eva.

Vós, nossa Mãe abençoada, nossa rainha, nossa advogada, vós que esmagastes a cabeça do inimigo desde o primeiro instante de vossa Conceição, recebei nossas orações e, nós vos suplicamos, unidos num único coração, apresentai-as diante do trono de Deus, para que nunca nos deixemos cair nas armadilhas que nos são preparadas, mas que cheguemos todos ao porto da Salvação e que, no meio de tantos perigos, a Igreja e a sociedade cristã cantem mais uma vez o hino da liberdade, da vitória e da paz. Amém

 

 

NOVENAS À VIRGEM MARIA.

 

Novena de Nossa Senhora do Carmo


 

Antífona para todos os dias:

 

Flor do Carmelo vinha florida, esplendor do céu,
Oh! Mãe, Virgem singular,
Doce Mãe sempre Virgem
Aos Carmelitas dai privilégio, Estrela do Mar

 

Primeiro Dia

 

Oh! Maria, Virgem Mãe Imaculada, Rainha do Carmelo, que fostes contemplada pelo Profeta Elias na nuvenzinha que subia do mar, depois transformada em chuva copiosa, derramai sobre toda a humanidade as graças de vosso Coração Imaculado e convertei aos pobres pecadores.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

 

Oração Final para todos os dias

 

Bendita e Imaculada Virgem Maria, beleza e glória do Carmelo, Vós que tratais com bondade inteiramente especial aqueles que se vestem do vosso amadíssimo Hábito, volvei sobre mim também um olhar propício e cobri-me com o manto da vossa maternal proteção. Pelo vosso poder fortificai a minha fraqueza; pela vossa sabedoria esclarecei as trevas do meu espírito, aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai a minha alma com as virtudes que me faça agradável ao vosso Divino Filho e a Vós. Assisti-me durante a vida, consolai-me na morte pela vossa amável presença à Santíssima Trindade, como vosso Filho dedicado para Vos louvar e bendizer eternamente no paraíso. Amém

 

Segundo Dia

 

Rainha e Mãe do Carmelo, Virgem Mãe Imaculada, que durante séculos fostes honrada em vossa Maternidade Divina no Monte Carmelo pelo Profeta Elias e seus sucessores - os Filhos dos Profetas - fazei reinar em nossas famílias essa mesma entranhada devoção que torne cada vez mais presente em nossos lares os vosso Divino Filho Jesus que nos guarde, para a vida eterna.

 

Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Terceiro Dia

 

Oh! Maria Imaculada, Virgem Santíssima do Carmo, que visitastes vossos Filhos Carmelitas no Monte Carmelo, consolando-os, dando-lhes graças abundantes, visitai também as nossas almas, ajudando-nos a fugir do pecado e a praticar com amor as obras de misericórdia.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Quarto Dia

 

Maria, Virgem imaculada, Rainha do Carmelo, lembrai-vos que vossos Filhos Carmelitas do Monte Carmelo após o Pentecostes abraçaram o Evangelho e o anunciaram por toda parte, ensinado também todos a Vos conhecerem e amarem; e no Monte Carmelo Vos consagraram o primeiro templo do mundo em vossa honra. Dai-nos muitos missionários, que por toda parte vos façam conhecer, para a dilatação do Reino de Jesus.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Quinto Dia

 

Maria, Rainha e Mãe dos Carmelitas, que lhes destes como penhor da salvação o Santo Escapulário, nós vos agradecemos e Vos suplicamos a graça de viver na fidelidade à Lei de Deus para que em nossa morte possamos contar com a vossa presença e ir ao céu contemplar-Vos eternamente.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Sexto Dia

 

Maria, Virgem Mãe Imaculada, Rainha do Carmelo, que tendes concedido as mais extraordinárias graças através de vosso Santo Escapulário, ajudai-me a trazê-lo dignamente, conservando a pureza de coração e de costumes, repelindo tudo o que possa magoar o vosso olhar puríssimo.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Sétimo Dia

 

Rainha e Mãe do Carmelo, que fizestes grandes milagres através do Santo Escapulário, cobri o mundo com o esplendor de Vosso Imaculado Coração para que seja enfraquecido o reino do mal e do pecado, e todos os povos se aproximem de Vós para imitar vossa pureza e caridade.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Oitavo Dia

 

Maria, Virgem - Mãe Imaculada Rainha do Carmelo, que sempre concedestes as maiores graças aos Carmelitas, enviai-nos muitas vocações sacerdotais, religiosas e para o Carmelo Secular, para que o vosso Nome seja sempre mais glorificado, para a glória de vosso Filho Jesus Cristo.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

Nono Dia

 

Maria, Rainha e Mãe do Carmelo, que velais pela Santa Igreja com maternal amor, abençoai o Santo Padre, o nosso Bispo, os sacerdotes, os religiosos e todo o povo cristão. Abençoai a cada um de nós que desejamos vossa proteção agora e na hora de nossa morte.


Ave-Maria... Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós.

 

 

        > Conheça o Escapulário de Nossa Senhora do Carmo.

 

 

 

 

Novena em Honra a

Nossa Senhora de Guadalupe.


           

 

Orações para todos os dias

 

Posto de joelhos diante de Maria Santíssima, fazer a sinal da Cruz - Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; Amém! - e dizer o ato de contrição.

 

Ato de contrição:

 

Senhor meu Jesus Cristo, Deus e homem verdadeiro, criador e Redentor meu, por ser vós quem sois, e porque vos amo sobre todas as coisas, me pesa de todo coração vos haver ofendido. Proponho emendar-me e confessar-me a seu tempo e ofereço tudo quanto fizer em satisfação de meus pecados, e confio em vossa bondade e misericórdia infinita, que me perdoeis e me dês graça para nunca mais pecar. Assim o espero por intercessão de minha mãe, nossa Senhora Virgem de Guadalupe. Amém.

 

Fazer aqui o pedido que se deseja...

 

 

Oração inicial para todos os dias.

 

Rezar quatro Salve Rainhas em memória das quatro aparições e logo se reza a oração correspondente a cada dia.

 

Primeiro Dia

 

Oh! Santíssima Senhora de Guadalupe!

 

Essa coroa com que cinges vossa sagrada fronte publica que sois Rainha do Céu e Universo. Senhora pois como Filha, como Mãe e como Esposa do altíssimo tens absoluto poder e justíssimo direito sobre todas as criaturas.

Sendo isto assim, eu também sou vosso; também pertenço a Vós por mil títulos; mas não me contento com ser vosso por tão alta jurisdição que tens sobre todos; quero ser vosso por outro título, isto é, por eleição de minha vontade quero ser vosso escravo.

Vede que, aqui prostrado diante do trono de vossa Majestade, vos elejo por minha Rainha e minha Senhora e com este motivo quero dobrar o Senhorio e domínio que tens sobre mim; quero depender de Vós e quero que os desígnios que tem de mim a Providência divina, passem por vossas mãos. Dispõe de mim como vos agrade; os sucessos e lances de minha vida quero que tudo corram por vossa conta.

Confio de vossa benignidade, que tudo o que se endereçaram ao bem de minha alma seja para a honra e glória daquele Senhor que tanto se compadece em todo o mundo. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Segundo Dia

 

Oh! Santíssima Virgem de Guadalupe!

 

Que bem se conhece que sois Advogada nossa no tribunal de Deus, pois essas lindíssimas mãos que jamais deixam de nos beneficiar, as juntas ante o peito em sinal de quem suplica e rogai, dai-nos com isto a ver que desde o trono de glória como Rainha de anjos e homens fazes também oficio de advogada, rogando e procurando a favor nosso.

Com que afetos de reconhecimento e gratidão poderei pagar tanta fineza?, Sendo que não há em todo meu coração suficiente saldo para pagá-lo.

A Vós recorro para que me enriqueças com os dons preciosos de uma caridade ardente e fervorosa, de uma humildade profunda e de uma obediência pronta ao Senhor.

Esforçai vossas súplicas, multiplicai vossos rogos, e não cesses de pedir ao Todo-poderoso que me faça vosso e me conceda ir a dar-vos as graças pelo feliz êxito de vossa intermediação na glória. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Terceiro Dia

 

Oh! Santíssima Virgem Maria de Guadalupe!

 

O que posso crer ao ver-vos cercada dos raios do sol, senão que estás intimamente unida ao Sol da Divindade, que não há em vossa alma nenhuma coisa que não seja luz, que não seja graça e que não seja santidade! O que posso crer senão que estás unida às divinas perfeições e atributos, e que Deus vos tem sempre em seu coração! Seja para nosso bem, Senhora tão alta felicidade.

Eu, entre tanto, arrebatado de alegria que isto me causa, me apresento diante do trono de vossa soberania, suplicando que vos dignes enviar um de vossos ardentes raios até meu coração: ilumina com sua luz meu entendimento;

Acende com sua luz minha vontade; fazei que acabe eu de persuadir me de que vivo enganado todo o tempo em que não me empenho em amar a Vós e em amar a meu Deus:

Fazei que acabe de persuadir me de que me engano miseravelmente quando amo alguma coisa que não seja meu Deus e quando não vos amo a Vós por Deus. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Quarto Dia

 

Oh! Santíssima Maria de Guadalupe!

 

Se um anjo do céu tem por honra tão grande estar a vossos pés e que em prova de sua alegria abre os braços e estende as asas para formar com elas um tapete a vossa Majestade, que deverei eu fazer para manifestar minha veneração a vossa pessoa, não seja com a cabeça, nem com os braços, senão meu coração e minha alma para que a santificando com vossos divinos pés se faça trono digno de vossa soberania?

Dignai, Senhora de admitir este obsequio; não o desprezeis por indigno a vossa soberania, pois o mérito que lhe falta por minha miséria e pobreza o recompenso com a boa vontade e desejo. Entrai em meu coração e verás que não o movem outras asas senão as do desejo de ser vosso e o temor de ofender a vosso Filho diviníssimo.

Forma trono em meu coração, e já não se envilecerá dando-lhe entrada a culpa e fazendo-se escravo do demônio. Fazei que não viva senão para Jesus e Maria. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Quinto Dia

 

Oh! Santíssima Virgem Maria de Guadalupe!

 

Que outro vestido corresponderia a quem é um céu por sua beleza, senão um todo cheio de estrelas? Com que podia se adornar uma beleza toda celestial, senão com os brilhos de umas virtudes tão lúcidas e tão resplandecentes como as vossas?

Bendita mil vezes a mão daquele Deus que quis unir em vossa beleza tão imensa uma pureza tão realçada, e honra tão brilhante e rica com uma humildade tão apreciável.

Eu caio, Senhora absorto de beleza tão amável, e quisera que meus olhos se fixassem sempre em Vós para que meu coração não se deixasse arrastar em outro afeto que não seja o amor vosso.

Não poderei conseguir este desejo se esses resplandecentes astros com que estás adornada não infundirem uma ardente e fervorosa caridade, para que ame de todo coração e com todas as minhas forças a meu Deus, e depois de meu Deus a Vós, como objeto digno de que o amemos todos. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Sexto Dia

 

Oh! Santíssima Virgem Maria de Guadalupe!

 

Que bem serve a vossa soberania esse tapete que a lua forma a vossos sagrados pés! Brilhaste com invicta rainha sob as vaidades do mundo, e sendo superior a toda a criação jamais padeceste o minguante da mais ligeira imperfeição:

Antes de vosso primeiro instante estiveste cheia de graça. Miserável de mim, Senhora que não sabendo me manter nos propósitos que faço, não tenho estabilidade na virtude e somente sou constante em meus viciosos costumes.

Tende piedade de mim, Mãe amorosa e terna; já que sou como a lua em minha inconstância, seja como a lua que está a vossos pés, isto é, firme sempre em vossa devoção e amor, para não padecer os minguantes da culpa.

Fazei que esteja eu sempre a vossos pés pelo amor e a devoção, e já não temerei os minguantes do pecado mas sim procurarei dar me por completo a minhas obrigações, detestando de coração tudo o que é ofensa a meu Deus. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Sétimo Dia

 

Oh! Santíssima Virgem Maria de Guadalupe!

 

Nada, nada vejo neste lindíssimo retrato que não me leve a conhecer as altas perfeições de que dotou o Senhor a vossa alma inocentíssima. Esse lenço grosseiro e desprezado; esse pobre mas feliz traje em que se vê estampada vossa singular beleza, dão claro a conhecer a profundíssima humildade que lhe serviu de alicerce e fundamento a vossa assombrosa santidade.

Não vos desdenhaste de tomar a pobre túnica de João Diego, para que nela estampasse vosso rosto, que é encanto dos anjos, maravilha dos homens e admiração de todo o universo.

Pois, como não tenho de esperar eu de vossa benignidade, que a miséria e pobreza de minha alma não sejam embaraço para que estampes nela vossa imagem graciosíssima?

Eu vos ofereço as telas de meu coração. Tomai-o, Senhora em vossas mãos e não o deixeis jamais, pois meu desejo é que não se empenhe em outra coisa que em amar a vós e amar a Deus. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Oitavo Dia

 

Oh! Santíssima Virgem de Guadalupe!

 

Quão Mistériosa e que acertada esteve a mão do Artífice Supremo, bordando vosso vestido com essa orla de ouro finíssimo que lhe serve de guarnição. Aludia sem dúvida a aquele finíssimo ouro da caridade e amor de Deus com que foram enriquecidas vossas ações.

E quem duvida, Senhora que essa vossa ardente caridade e amor de Deus esteve sempre acompanhada do amor ao próximo e que por estar triunfante na pátria celestial, nunca vos tem esquecido de nós?

Abre o seio de vossas piedades a quem é tão miserável; dai-lhe a mão a quem caído vos invoca para se levantar; Cantarei a glória de haver encontrado em mim uma miséria proporcional, mais que todas, a vossa compaixão e misericórdia. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

Nono Dia

 

Oh! Santíssima Virgem de Guadalupe!

 

Que coisa será impossível para Vós, quando multiplicando os prodígios, nem a pobreza nem a grosseria do traje lhe servem de embaraço para formar tão primoroso vosso retrato, nem a voracidade do tempo em mais de quatro séculos tem sido capaz de destroçar nem borra-lo?

Que motivo tão forte é este para alentar minha confiança e suplicarei que abrindo o seio de vossas piedades, de acordo com o amplo poder que vos deu a Divina Onipotência do Senhor, para favorecer aos mortais, vos dignes estampar em minha alma a imagem do Altíssimo que tem borrado minhas culpas!

Não embarace a vossa piedade a grosseria de meus perversos costumes, dignai somente olhar-me, e já com isto alentarei minhas esperanças; porque eu não posso crer que se me olhas não se comovam vossas entranhas sobre o miserável de mim.

Minha única esperança, depois de Jesus, sois Vós Sagrada Virgem Maria. Amém.

 

Terminar com um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um Glória...

 

 

           

            Uma Oração pelas Vítimas de Aborto

 

Santa Mãe de Deus e da Igreja, Nossa Senhora de Guadalupe, fostes escolhida pelo Pai e pelo Filho através do Espírito Santo. Sois a Mulher vestida de sol que dá à luz a Cristo enquanto Satanás, o Dragão Vermelho, espera para devorar vorazmente Vosso Filho. Assim também Herodes procurou destruir Vosso Filho, Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, massacrando para isso tantas crianças inocentes. Assim faz hoje o aborto, matando tantas crianças inocentes não-nascidas, e explorando tantas mães em seu ataque contra a vida humana e contra a Igreja, o Corpo de Cristo.

 

Mãe dos Inocentes, louvamos a Deus em Vós pelo Dom que Vos deu em Vossa Imaculada Conceição, Vossa liberdade do pecado; Vossa plenitude de graça, Vossa Maternidade Divina e da Igreja, Vossa Perpétua Virgindade e Vossa Assunção em corpo e alma para o Céu.

 

Ó Auxílio dos Cristãos, pedimo-Vos, protegei todas as mães dos nascituros e os filhos que estão em seus ventres. Rogamos a Vós para que, por Vosso auxílio, termine o holocausto do aborto. Abrandai os corações para que a vida seja reverenciada!

 

Mãe Santíssima, rogamos a Vosso Doloroso e Imaculado Coração por todas as mães e todas as crianças não-nascidas para que possam viver aqui na terra e, pelo Preciosíssimo Sangue derramado por Vosso Filho, possam ter a vida eterna com Ele no Céu. Rogamos também a Vosso Doloroso e Imaculado Coração por todos os abortistas e todos os que apóiam o aborto, para que se convertam e aceitem Vosso Filho, Jesus Cristo, como seu Senhor e Salvador. Defendei todos os Vossos filhos na batalha contra Satanás e todos os espíritos malignos nestas trevas atuais.

 

Desejamos que as inocentes crianças não-nascidas, que morreram sem Batismo, sejam batizadas e salvas. Pedimo-Vos que alcanceis esta graça por elas, contrição, reconciliação e o perdão de Deus para seus pais e seus assassinos.

 

Que seja revelado, mais uma vez, na história do mundo, o poder do Amor Misericordioso. Que ele ponha um fim ao mal. Que ele transforme as consciências. Que Vosso Doloroso e Imaculado Coração revele para todos a luz da esperança. Que Cristo Rei reine sobre nós, sobre nossas famílias, cidades, estados, nações e sobre toda a humanidade.

 

Ó clemente, ó amável, ó doce Virgem Maria, ouvi nossas súplicas e aceitai este brado de nossos corações!

 

Nossa Senhora de Guadalupe, Protetora dos Nascituros, rogai por nós!

 

           

 

            Oração de João Paulo II a Nossa Senhora de Guadalupe

 

Ó Virgem Imaculada, Mãe do Deus Verdadeiro e Mãe da Igreja!, que deste lugar revelastes Vossa clemência e Vossa piedade a todos os que pedem por Vossa proteção, ouvi a oração que Vos dirigimos com filial confiança, e apresentai-a ao Vosso Filho Jesus, nosso único Redentor.

 

Mãe de Misericórdia, Mestra do sacrifício oculto e silencioso, a Vós, que viestes a nós pecadores, dedicamos neste dia todos o nosso ser e todo nosso amor. Também dedicamos a Vós nossa vida, nosso trabalho, nossas alegrias, enfermidades e tristezas. Concedei-nos paz, justiça e prosperidade a nossos povos; pois confiamos a Vosso cuidado tudo o que temos e tudo o que somos, nossa Senhora e Mãe. Desejamos ser inteiramente Vossos e caminhar Convosco pelo caminho da completa fidelidade a Jesus Cristo em Sua Igreja; amparai-nos sempre com Vossa Mão amorosa.

 

Virgem de Guadalupe, Mãe das Américas, a Vós rezamos por todos os Bispos, para que consigam levar os fiéis ao longo dos caminhos da intensa vida cristã, do amor e humilde serviço a Deus e às almas. Contemplai esta imensa messe, e intercedei junto ao Senhor para que Ele desperte a fome pela santidade em todo o povo de Deus, e grandes e abundantes vocações de sacerdotes e religiosos, fortes na fé e zelosos dispensadores dos mistérios Divinos.

 

Concedei a nossos lares a graça do amor e do respeito à vida desde seu início, com o mesmo amor com o qual concebestes em Vosso ventre a vida do Filho de Deus. Bem-Aventurada Virgem Maria, protegei nossas famílias, para que sejam sempre unidas e abençoai a educação de nossos filhos.

 

Nossa esperança, olhai sobre nós com compaixão, ensinai-nos a ir continuamente a Jesus e, se cairmos, ajudai-nos a levantarmos novamente, para retornar a Ele, por meio da confissão de nossas faltas e pecados, no Sacramento da Penitência, que concede paz à alma.

 

Nós Vos pedimos que nos alcanceis um grande amor a todos os Santos Sacramentos, que são, como foram, os sinais que Vosso Filho nos deixou na terra.

 

Assim, Santíssima Mãe, com a paz de Deus em nossas consciências, com nossos corações libertos do mal e do ódio, seremos capazes de levar a todos a verdadeira alegria e a verdadeira paz, que vem a nós de vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, que com Deus Pai e o Espírito Santo, vive e reina pelos séculos.

 

Amém.

 

Sua Santidade João Paulo II
México, janeiro de 1979.
(em visita à Basílica de Guadalupe na sua
primeira viagem ao exterior como Papa)

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças